Protagonistas na valorização de produtos

A primeira impressão é a que fica, no caso, aqui, as embalagens de papel, sejam sacos, sacolas, caixas ou o papel pura e simplesmente. Bruno Braga Bezerra, diretor da Pergamo, representante no Brasil da Tullis Russell, fábrica de papel da Escócia, em palestra na Rymo Imagens e Produtos Gráficos da Amazônia, disse que hoje em dia são infinitas as aplicações de papel nos mais inimagináveis tipos de embalagens. “Imagine, agora, o que pode ser feito com papel em termos de embalagens, da capa de um livro às caixas que envolvem cosméticos, perfumes, bebidas, caixas de aparelhos eletrônicos, bombons, e segue uma lista que não acaba nunca”, falou.
“E a Tullis Russell tem um diferencial. Trata-se de We are a progressive, independent company over 200 years old, trusted by generations of customers, brands and suppliers across the world. Uma empresa progressista, existente há mais de 200 anos, por isso já tem garantida a confiança de gerações de clientes, marcas e fornecedores em todo o mundo. A empresa opera um negócio sustentável e nutre uma crença profundamente arraigada de que trabalhar em parceria com nossos clientes é o melhor a ser feito”, disse Bruno.
Entre os produtos da Tullis, papéis de alta qualidade e placas para uso na embalagem premium, gráfica, cartões e cobre mercados, além dos revestimentos especializados que fornecem materiais para selos postais, papel de vistos, mercados financeiros e as transferências de cerâmica e têxteis, liderando o mercado em muitos dos seus setores.

30 toneladas/mês

Bruno acrescentou que “a embalagem tem três tipos de serventia: serve para proteger o produto, facilitar sua armazenagem e vendê-lo. É nesse último caso que entram os designers e suas criatividades. Os designers são capazes de produzir desde as embalagens comuns às chamadas embalagens nobres, que chegam a agregar 50% ao valor do produto”, explicou.
“As pessoas também devem ficar atentas ao selo FSC (Forest Stewardship Council, ou Conselho de Manejo Florestal), o selo verde mais reconhecido em todo o mundo, o qual certifica que aquele papel resulta de uma origem que não degrada o meio ambiente e contribui para o desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais”. A Tullis Russell tem o maior portifólio FSC do mundo.
José Marques de Almeida, o Dedé, diretor comercial da Rymo, é o representante e distribuidor dos produtos da empresa escocesa para a região Norte. Ele falou sobre a importância desses produtos para o segmento gráfico da região. “Há dois anos trabalhamos com a Tullis Russell, o maior fabricante de carta sólida do mundo. Carta sólida, pode-se dizer, é o tipo de papel mais sofisticado do planeta, utilizado na fabricação de embalagens especiais, tipo jóias, alimentos, perfumes e bebidas. Atualmente o Amazonas consome por mês de 28 a 30 toneladas desse papel, o carro chefe das vendas”, disse.
“Não é à toa que o Amazonas é um dos polos gráficos que mais cresce no Brasil”, completou Bruno Braga.

A importância dos designers

Sem os designers, os papéis continuariam a ser simples papéis, por isso o Sebrae disponibiliza várias informações para quem deseja se aprofundar no assunto e transformar papel em arte, pois investir na identidade visual de produtos e da marca pode resultar em melhoria da competitividade das pequenas empresas. A embalagem influencia o consumidor na hora de escolher os produtos e deve ser utilizada pelas empresas para aumentar seu potencial de vendas. É tão importante que chega a determinar a maneira como o cliente vê a empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email