Proposta sobre PPBs de informática será levada ao Ministério da Economia

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2019/1Sem/04Abr/19/Suframa%20reuniao%203896.jpeg
Prazo máximo para encaminhamento de sugestões acerca das consultas públicas para PPBs de netbooks, notebooks e ultrabooks e de telefones celulares encerra-se nesta quarta-feira (24)

Com vistas a resguardar a indústria da Zona Franca de Manaus (ZFM) e lutar pela manutenção de um segmento consolidado que gera mais de cinco mil empregos na região, representantes de empresas de bens finais e do segmento componentista do Polo Industrial de Manaus (PIM), de órgãos governamentais e de entidades de classe reuniram-se nesta terça-feira (23), na sede da SUFRAMA, com o superintendente da autarquia, Alfredo Menezes, e equipe técnica da instituição. 

O objetivo principal foi discutir e chegar a um consenso sobre as modificações no texto das Consultas Públicas nº 3 e nº 4, publicadas em 9 de abril, pela Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, que visam a alterações, respectivamente, nos Processos Produtivos Básicos (PPBs) de netbooks, notebooks e ultrabooks e de telefones celulares. O prazo máximo para encaminhamento de sugestões acerca das consultas públicas encerra-se nesta quarta-feira (24).

Durante a reunião, tanto a equipe técnica da SUFRAMA quanto os representantes das empresas, entidades de classe e órgãos governamentais presentes, tais como Samsung, Salcomp, Positivo, I-Sheng, Flextronics, Unicoba, Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti-AM) e Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), entre outros, tiveram a oportunidade de fazer apresentações técnicas e contribuir para a construção da sugestão unificada de alterações.

A reunião foi concluída com a definição de uma proposta conjunta de aperfeiçoamento no texto original que será encaminhada ao Ministério da Economia. As principais sugestões na nova proposta dizem respeito a adequações na escala de pontos e nas etapas produtivas, de forma a incentivar que os fabricantes cumpram as exigências mínimas dos PPBs a partir, principalmente, da utilização de partes e peças fabricadas na região. 

Segundo o superintendente Alfredo Menezes, a reunião foi extremamente produtiva e importante para unificar esforços em prol do segmento componentista da ZFM. “Estarei nesta quarta (24) em Brasília, onde terei reuniões no Ministério da Economia com o objetivo de discutir não apenas encaminhamentos acerca dessas consultas públicas, mas também questões pertinentes à SUFRAMA”, disse. “Essa foi mais uma prova de que nossa equipe técnica é bastante qualificada, precisamos apenas continuar tendo união com os diversos segmentos da sociedade para construir as soluções. O importante é que houve um consenso. Acompanharemos com muita atenção o andamento desse processo e dando o devido retorno a todos os interessados”, concluiu o superintendente.

O representante das empresas componentistas e diretor da Salcomp Industrial Eletrônica da Amazônia Ltda, Paulo Luisada, ressaltou a importância de debates como estes, dada a oportunidade de construir uma agenda positiva que busque uma resolução comum que atenda à região e ao país. “Essa agenda é importante para encaixar uma solução sobre esse assunto. Contamos com a ajuda de todos vocês para não eliminar uma indústria que já está consolidada há mais de uma década na região”, complementou.

 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email