2 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Projeto ambiental apóia criação de unidades de conservação

O Projeto Mutirão das Águas está promo­vendo a conservação e o uso sustentável dos recursos hídricos na região do entorno da obra do gasoduto Coari-Manaus.

O Projeto Mutirão das Águas está promo­vendo a conservação e o uso sustentável dos recursos hídricos na região do entorno da obra do gasoduto Coari-Manaus. Ao atuar priori­tariamente nos municípios de Coari e Manacapuru, o Mutirão das Águas tem como um dos focos de ação a criação e manutenção de unidades de conservação, beneficiando com capacitações e mobilizações voltadas à organização social e produtiva e com treina­mento em educação ambiental mais de 2 mil pessoas, distribuídas em comunidades do Lago do Mamiá e Lago do Piranha, respectivamente.
Em Coari, o projeto – que faz parte do Programa Petrobras Ambiental, patrocinado pela Petrobras S.A – caminha, juntamente com a Associação de Agroextrativistas do município para a criação de uma unidade de conservação de uso sustentável do lago do Mamiá. E em Manacapuru, o projeto desenvolve oficinas de capacitação em Organização Comunitária e Gestão dos Recursos Hídricos voltados ao fortalecimento da gestão da RDS (Reserva de Desenvolvimento Sustentável) do Piranha.

Consórcio de instituições

O Mutirão das Águas é implementado por um consórcio de instituições que reúnem o CNS (Conselho Nacional dos Seringueiros), o GTA (Grupo de Trabalho Amazônico), a Atech (Fundação Aplicações de Tecnologias Críticas), que atua com soluções tecnológicas de apoio à gestão compartilhada, e a ASA (Associação de Serviços Ambientais).
    Dentro da atuação do Mutirão das Águas foram desenvolvidas, ao longo do primeiro ano de atividades do projeto, a sensibilização e mobilização voltadas para gestão dos recursos hídricos e organização social de mais de 2 mil pessoas, somando os dois municípios de abrangência do Mutirão.
Na sequência, foram realizadas capacitações nas comunidades e depois traçado o perfil socioeconômico destas comunidades, resultando em um diag­nóstico de cada uma delas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email