https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2019/1Sem/06Jun/26/Alfredo%20Andrade%20perfil%204.jpg
Bolsonaro visa o bem do povo e não dos que se acostumaram a mamar nas tetas do governo federal

Tem razão os que afirmam que “Bolsonaro é o reflexo daquilo que é”… até porque fora eleito por exclusão, em razão de representar o combate à corrupção, a eliminação do “é dando que se recebe” e o fim da política sórdida existente no Congresso; dentre outros aspectos que o povo brasileiro patriota nunca admitira por termos vergonha na cara. Bolsonaro reage no mesmo tom da indagação, da provocação e assim será, “até porque sempre Bolsonaro será Bolsonaro”. Não hesitará e visa o bem do povo e não dos que se acostumaram a mamar nas tetas do governo federal, cujo cofre fora saqueado. Para enfrentá-lo nas urnas, qualquer “frente” onde estiver o condenado LULA, será um suicídio, na medida em que o cenário é outro; os ex-eleitores do PT humilhados e na miséria até hoje saberão que LULA e Dilma foram os culpados pelo empobrecimento, miséria, desemprego, fome e a brutal queda do ensino, além do péssimo estado em que deixaram a saúde e os cofres públicos. O povo no Nordeste está mais sabido; já reconhece a atual realidade que vem sendo construída por Bolsonaro e dará em outubro o recado nas urnas. Ademais, os péssimos hábitos do lulopetismo foram eliminados do Palácio do Planalto e a meta agora será tornar este ano bastante produtivo, esperando-se que o Legislativo saiba da sua responsabilidade e que se encontra na linha de tiro do povo. Assim, é de se indagar se os integrantes do Congresso em ano eleitoral conhecem seus encargos ou deles se afastarão de forma irresponsável? Bolsonaro não irá se desgastar com as reformas; sua equipe tem pleno conhecimento acerca da complexidade das matérias e o objetivo será uma economia consistente, com geração de emprego e aumento da produtividade. E o STF fará sua parte garantindo a segurança jurídica? Com certeza Bolsonaro estará mais concentrado nos resultados e não na desordem dos infelizes que dirigem o Congresso.

A nível mundial a China sai da guerra comercial com os americanos bastante fortalecida, eis que sua economia crescera 6.1% em 2019, tendo o governo cumprido sua meta. Sua riqueza total crescera 7,8%, mas sofrera uma desaceleração em 2019. Os economistas chineses reconhecem que nem a demanda interior, nem a exterior fora capaz de conter esta desaceleração, mas comemoraram o crescimento de 5,7% da produção industrial e, principalmente, o fato de que 10 milhões de pessoas foram sacadas da pobreza.

E, ainda a nível mundial o FMI e o Banco Mundial apontam para uma projeção maior para o PIB mundial em relação a 2019. Acreditam que a economia crescerá 3,3% em 2020 e o Brasil 2,2%, sem depender dos conflitos sociais externos. Que assim seja !

*José Alfredo Ferreira de Andrade é Ex- Conselheiro Federal da OAB/AM nos Triênios 2001/2003 e 2007/2009 – OAB/AM A-29

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email