Projeção de crescimento deve se manter até o final do ano

O segmento de forno microondas do PIM (Polo Industrial de Manaus), que esteve em alta no primeiro semestre de 2009, promete se manter aquecido nos demais meses do ano. Indicadores Industriais divulgados recentemente pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) apontam aumento de 16,64% no acumulado dos cinco primeiros meses de 2009. Mesmo diante do quadro de crise mundial, os fabricantes do PIM não se intimidaram e produziram 1,11 milhão de unidades do produto ante aos 957 mil obtidos em igual período de 2008, o que resultou num faturamento de US$ 107.96 milhão. No acumulado dos 12 meses do ano passado as empresas do polo colocaram no mercado 2,51 milhões de unidades, o que resultou num faturamento de US$ 291.07 milhões.
Apesar do incremento obtido no acumulado dos cinco meses, em maio houve um recuo na produção desse produto tanto em relação aos meses anteriores como se comparado a maio de 2008. Foram produzidos 112 mil unidades contra 170 mil, respectivamente, o que representa uma queda de 34%.
Considerada uma das principais fabricantes do setor no PIM, a Electrolux da Amazônia está com as vendas aquecidas e se prepara para atender os pedidos de fim de ano. Para isso, a empresa já iniciou o processo de contratação de mão-de-obra, elevando seu quadro de pessoal para próximo de 800 trabalhadores diretos, divididos em dois turnos.
O especialista em controladoria da empresa, Arlindo Frazão, disse que mensalmente a empresa fabrica 100 mil microondas para atender o mercado nacional. Ele informou que 95% do que é produzido é vendido para as várias regiões do país e apenas 5% fica no mercado local. “É um mercado aquecido, que está motivado pela redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para itens da linha branca, que está impulsionando as vendas de eletrodomésticos no período”, disse.
Segundo Frazão, toda a tecnologia utilizada pela Electrolux da Amazônia é da multinacional sueca. Além de microondas, a empresa fabrica também condicionadores de ar split e de janela.Toda a produção é destinada ao mercado brasileiro e conta com a Certificação ISO 9002.

Vendas mantêm alta

Outra empresa responsável pela boa performance do setor de microondas no PIM é a unidade da Whirlpool Latin America em Manaus, fabricante dos produtos Brastemp, que também vem obtendo crescimento nas vendas de deste produto, conforme revelou em recente entrevista ao Jornal do Commercio.

Primeiro trimestre

Nos três primeiros meses de 2009 –em plena crise global– a fabricante obteve crescimento nas vendas de microondas em relação ao mesmo período de 2008, que foi justificado como encomendas para o Dia das Mães, já que os pedidos dos revendedores começam em janeiro. Por estratégia, a empresa não divulga ­informações sobre volume de produção.

Pesquisa americana

Pesquisa do instituto Pew Research Center aponta que o número de pessoas que considera o forno de microondas necessário em seus lares caiu 21% entre 2006 e 2009. O ar condicionado teve queda de 16% e as lavadoras de pratos perderam 14%, de acordo com a pesquisa.
O desemprego, a recessão e a escassez de crédito convenceram os cidadãos a reduzirem no último ano o consumo de qualquer item que seja considerado desnecessário ou um luxo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email