Programa leva cursos de capacitação para o interior do Estado

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/14/cpro%20199.jpeg
O programa, organizado pela Sepror, tem o objetivo de disseminar conhecimentos técnicos e impulsionar as atividades locais

Programa "Mais carne e mais leite" levará cursos de capacitação e palestras a produtores pecuaristas do interior do Amazonas. A ação faz parte do evento "Dia do campo" organizado pela Sepror (Secretaria de Produção Rural do Amazonas), e tem o intuito de disseminar conhecimentos técnicos e impulsionar as atividades locais. A ação será realizada amanhã (18), no rancho Modelli, no município de Humaitá (a 675 quilômetros de Manaus.

O programa vai leva os técnicos do Sistema Sepror para próximo do produtor, com objetivo de conhecer as dificuldades e auxiliar na produção. Atuando na atividade desde 2001, o pecuarista Floriberto da Silva Cavalcante, enxerga o evento como uma oportunidade de adquirir conhecimento e aprender novas estratégia de produção.

“Esse programa é muito importante para município de Humaitá que estava no esquecimento há muitos ano. Faltava incentivo para nosso desenvolvimento profissional. Com as palestras, podemos aprender novos conhecimentos que vai nos ajudar a avançar de forma mais eficaz nosso trabalho e nossa criação de gado. Uma das maiores dificuldades que nós tinha era o acompanhamento técnico. Com o desmatamento falta espaço para a criação de gado. E com ajuda do técnico podemos verificar onde criar o gado ou não”, disse

Segundo a zootecnista e coordenadora de Pecuária da Sepror, Meyb Seixas, o pecuarista que aderir ao projeto vai ser assistido de uma forma mais efetiva e vai ter  maior acesso às tecnologias como melhoramento genético do rebanho da pastagem. “É um pacote tecnológico. Um dos objetivos do projeto é estimular os produtores e pecuaristas locais a produzir o chamado ‘boi a pasto’ de forma sustentável.

A coordenadora ressaltou, que o projeto busca ajudar o produtor a trabalhar com novas tecnologias, intensificando o cuidado com o gado para que se tenha animais de melhor qualidade, para comercializar os produtos de acordo com as exigências e o padrão de qualidade do SIE (Serviço de Inspeção Estadual).

“Hoje, a pecuária cada vez mais vem trabalhando a ótica de produção em que a pastagem de alta produção precisa de tratos culturais, melhorando as condições físico-químicas do solo, aumentando o sequestro de carbono e se tornando sustentável”, explicou.

De acordo com ela, a meta é passar de 0,5 para 6,0 unidade de animais por hectare, para incrementar a produção e agregar o maior número de emprego e renda para o município. O objetivo é cumprir a legislação ambiental, trabalhando em áreas já utilizadas para torná-las mais produtivas. 

Para o especialista em gestão a informação ao agronegócio, Thomaz Meirelles, o evento “Dia no Campo”, será uma grande oportunidade dos pecuaristas terem acesso a informação e conhecimentos práticos. Ele destacou a qualidade das palestras e serviços de assessoria ao pequeno produtor oferecido pelo Idam (Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas) e a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

“Nos meus 35 anos de serviço público na área rural participei de vários eventos, mas não conheço outra melhor forma de aprender atividades agropecuárias na prática do que o Dia no Campo. IDAM e Embrapa são excelentes nesse tipo de ferramenta. Não tenho dúvida que será sucesso em Humaitá, e que os produtores vão sair satisfeitos com o novo aprendizado”, enfatizou.

Segundo o pecuarista José Lobo Nascimento, a ocasião será importante para os produtores mostrarem os desafios e as dificuldades de cada atividade dentro do município. “Será uma grande chance de mostrarmos nossas dificuldade e aprender com pessoas capacitadas a melhor forma de produzir e desenvolver a pecuária no interior”, diss.

Serviços

O que: Programa "Mais carne e mais leite"

Onde:  Rancho Modelli, Km 02 da vicinal São João (Km 04 da BR-230) em  Humaitá 

Quando: Sábado dia 18 de janeiro

Inscrições: Para participar da ação as inscrições podem ser feitas no dia do evento. 

Informações: Escritórios locais do Idam e Adaf ou pelos números (97) 98113-4001, (97) 99167-4545 e (97) 98403-2168.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email