Programa Empreendedor Individual registra meio milhão de negócios, segundo MDIC

O programa EI (Empreendedor Individual), criado pelo governo para formalizar trabalhadores autônomos que tocam pequenos negócios, alcançou meio milhão de inscritos, de acordo com dados do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). Até a última quarta-feira, o Portal do Empreendedor já contava com 501.125 trabalhadores inscritos.
Criado em julho de 2009 com o objetivo de formalizar até o fim deste ano 1 milhão de trabalhadores, como artesãos, cabeleireiros e ambulantes, o programa começou a passos lentos, mas uma reforma no sistema de cadastro facilitou o acesso de mais trabalhadores ao regime de tributação simplificada que garante aos contribuintes aposentadoria e outros benefícios, como auxílio-doença e auxílio-maternidade. Segundo o MDIC, nos últimos meses, a média de cadastramento chegou a 3 mil pessoas por dia.
“A sociedade já reconhece que o custo da formalidade é bem menor do que da informalidade. Atingir o patamar de meio milhão é bastante simbólico, pois mostra o desenvolvimento da cultura do empreendedorismo legal pelos brasileiros”, afirmou em nota o secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Edson Lupatini.
O Estado de São Paulo é a unidade da Federação com maior número de formalizados, com 108.640 empreendedores, seguido pelo Rio de Janeiro, com 65.016.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email