Programa de rádio orienta produtor do Norte sobre produções frutíferas

A garantia de qualidade do produto final de uma cultura qualquer começa pela escolha de mudas ou sementes de boa qualidade. O agricultor que trabalha com o fornecimento de materiais genéticos, como mudas frutíferas, precisa tomar cuidados que vão desde a escolha do método de propagação até a instalação e manutenção dos viveiros.
Com informações da Embrapa Amazônia Oriental (Belém – PA), Produção de mudas frutíferas é o tema do “Prosa Rural” que vai ao ar esta semana na região Norte do país. O programa de rádio é produzido pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Urano de Carvalho, agrônomo da Embrapa Amazônia Oriental, disse que os métodos de propagação por enxertia, que garantem que a nova planta terá as mesmas características da planta-mãe, são as mais indicadas para a maioria das espécies frutíferas da região amazônica.
Durante o programa, o pesquisador fornece orientações também quanto ao substrato ideal a ser usado pelos produtores de mudas frutíferas. “O produtor deve monitorar diariamente as mudas no viveiro para ver a ocorrência de pragas e doenças”, aconselhou Carvalho. “O viveiro deve ser protegido contra a radiação solar direta”, lembrou ainda o pesquisador.
O material mais indicado para a construção do viveiro são telas de plástico, conhecidas popularmente como sombrite, que são mais caras mas, no entanto, têm vida útil maior. Quando usadas como proteções laterais nos viveiros, essas telas ainda diminuem a incidência de pragas e doenças, afastando principalmente insetos maiores como mariposas e borboletas.
O “Prosa Rural” é distribuído gratuitamente para rádios comerciais e comunitárias. No endereço eletrônico www.sct.embrapa.br/radio/index.htm, é possível ter acesso à programação completa de 2007 e ouvir os programas já veiculados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email