Programa busca melhorar a qualidade do ar nas cidades do Brasil

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou dia 13/8, o Dia da Qualidade do Ar. O Programa Nacional Ar Puro, quinto eixo da Agenda Ambiental Urbana, foi criado pela pasta em 2019 para melhorar a qualidade ambiental nas cidades do Brasil. Com foco na qualidade do ar, o Ar Puro traz inovações importantes, como um aplicativo de monitoramento da poluição atmosférica.

O programa traz de início sua primeira ação concreta: o Sistema Nacional de Monitoramento da Qualidade do Ar (MonitorAr). A novidade do sistema é monitorar e divulgar em tempo real as informações, por meio de site e aplicativo gratuitos, disponibilizados para todos os cidadãos.

Essa plataforma, alimentada automaticamente por dados locais e seguindo padrões internacionais de classificação, vai integrar os dados de todas as estações de monitoramento de qualidade do ar no Brasil, 126 estações já foram integradas. Os cinco estados já integrados (BA, ES, MG, RS e SP) totalizam 45% da população brasileira.

O monitoramento da qualidade do ar é fundamental para a prevenção de doenças respiratórias, para o combate às chuvas ácidas, responsáveis pela corrosão de materiais e contaminação de solo e água; e para a redução dos impactos econômicos de todos esses problemas. O lançamento do MonitorAr materializa a Rede Nacional de Monitoramento da Qualidade do Ar, prevista por lei desde 1989, para recobrir todos os estados do Brasil, integrando e divulgando informações para a sociedade.

Programa Ar Puro

Com foco na melhoria da qualidade do ar, o programa Ar Puro se soma aos programas Lixão ZeroCidades+VerdesCombate ao Lixo no Mar Recuperação de Áreas Contaminadas, lançados nos últimos dois anos. Preparando o terreno para o lançamento do Ar Puro, o MMA já havia feito uma entrega importante na área, com a publicação do Guia Técnico para o Monitoramento e Avaliação da Qualidade do Ar.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email