Programa “Fauna na Escola” faz semana de proteção a animais

A partir do próximo dia 8, os 14 estabelecimentos de ensino que participam das atividades do Programa Fauna na Escola, desenvolvido pela Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), estarão participando da programação da Semana de Proteção aos Animais.
A iniciativa visa sensibilizar alunos e professores acerca da importância da preservação dos fragmentos florestais e as espécies da fauna que ainda estão presentes neles dentro da área urbana.
A Semana acontecerá até o dia 16 de setembro, com pa­lestras realizadas diariamente em duas escolas por dia. A programação constará de exibição do filme “Os Sem Floresta” – uma produção da Disney que conta a história da construção de um condomínio que afasta   os animais de seu hábitat natural – e a apresentação dos Declaração dos  Direitos dos Animais, da Unesco, a partir da qual os alunos são estimulados a elaborar uma proposta de estatuto própria de proteção aos  animais.
 A coordenadora de Projetos de Educação Ambiental nas Unidades de Conservação, Kelly Cristina Pereira de Souza, explica que o Projeto Fauna na Escola é desenvolvido pela Prefeitura de Manaus desde 2005 com a finalidade de chamar a tenção dos alunos e professores quanto à temática da fauna amazônica. O projeto já beneficiou 37 escolas nas suas três edições anuais.
Neste ano, a ação teve sua área de atuação ampliada para alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Antes só eram atingidos os alunos de 6ª à 9ª série.
 “Procuramos por meio de palestras e visitas às unidades de conservação mostrar que os animais da nossa fauna, a exemplo de macacos, cobras, jacarés e mucuras, ficam cada vez mais acuados com o crescimento das cidades e se isolam precisando sair para buscar alimentos”, afirma Kelly.
A proposta de construção com os alunos de um estatuto com as normas que eles devem seguir para preservar a fauna é uma forma de envol­ver ainda mais os estudantes a se engajarem nas atividades.
 O “Fauna na Escola” conta com o patrocínio da Petrobras e da ONG Sapeca (Sociedade Civil para Conservação da Amazônia). Este ano, o projeto trabalha com 14 escolas: as municipais Antônio Matias, Francisca Pergentina, Francisca Pereira, São Benedito, Violeta de Matos Areosa, Ana Maria de Barros, Almirante Ernesto Batista e Abílio Nery, e as estaduais Leonila Mari­nho, Professor Júlio César, Dom João, Aderson de Menezes e Manoel Rodrigues.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email