Progesc deve melhorar eficiência à gestão escolar de Manaus

Para nortear o planejamento estratégico da administração escolar, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), lançou, nesta quarta-feira, 13/10, o Programa Gestão na Escola (Progesc), que também dará mais transparência à educação pública. O evento ocorreu no Casarão da Inovação Cassina, na rua Bernardo Ramos, Centro.

O Progesc, instituído pela portaria nº 0554/2021, de 21 de junho de 2021, é uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que vai oferecer capacitação aos servidores atuantes no programa. De acordo com o secretário da Educação, Pauderney Avelino, a iniciativa é uma forma de apresentar quanto custa a atuação de cada escola.

“O Progesc é uma forma de mostrar ao contribuinte, de forma transparente, quanto custa uma escola, quanto custa os professores, os serviços terceirizados, a água, a energia, a internet, enfim, tudo o que é necessário para que a escola funcione com qualidade”, pontuou o secretário, que também falou que com o Progesc é possível acompanhar os indicadores pedagógicos das unidades de ensino.

O secretário enfatizou que o programa traz modernidade e transparência para a gestão. “Além de acompanhar a parte financeira da escola, é possível verificar a parte pedagógica, como a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e o trabalho que o gestor desenvolve na unidade de ensino”.

A Semed é a terceira maior rede pública municipal de educação básica do país, com mais de 500 unidades de ensino, 250 mil alunos e aproximadamente 16 mil servidores. Segundo o subsecretário de Administração e Finanças (SAF) da Semed, Lourival Praia, é necessário que haja informações individuais em um único programa.

“A Semed é uma rede muito grande e precisamos fazer uma gerência individual, com custos unitários por escola. Nosso sistema atual possui informações pulverizadas e o Progesc permite que a gente monte todas essas informações em um sistema informatizado integrado, em que todos consigam obter os indicadores orçamentários, financeiros e pedagógicos em uma única plataforma”, pontuou Lourival.

Especialista da Educação do BID, Ximena Duenas Herrera, assim como outros membros do banco, participou do lançamento por meio de teleconferência.

“Esse é um processo inovador para a cidade, nós só podemos parabenizar o prefeito de Manaus, David Almeida, e o secretário Pauderney, que vão usar esse recurso para investir e transformar os sistemas de custos da educação. Nós estamos à disposição da Semed e vamos trabalhar juntos com outros setores da prefeitura, no qual permitam trabalhar e tomar decisões de política educativa para o bem-estar das escolas de Manaus”, afirmou Ximena.

Progesc

O Progesc visa subsidiar o processo de planejamento orçamentário e financeiro da Semed, que possibilita informações internas gerenciais, para a medição dos resultados e desempenhos da gestão educacional e financeira, além de melhorar o controle e monitoramento da aplicação dos recursos destinados às escolas. Permite, ainda, que o gestor de escola conheça todos os custos e despesas e defina melhor as prioridades pedagógicas e operacionais.

Foto/Destaque: Salomão Júnior / Semsa

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email