Professor Ruy Machado de Alencar (*1925 +2001)…

É com alegria que escrevo sobre a vida e obra do educador Ruy Alencar, fundador da 1ª. escola de idiomas no Amazonas

É com alegria que escrevo sobre a vida e obra do educador Ruy Alencar, fundador da 1ª. escola de idiomas no Amazonas, com sede em Manaus, The English Speaking Club, 1956, embrião do Icbeu Manaus, (Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos), nasceu em 15 de maio de 1925, partindo aos 75 anos, numa triste Sexta-Feira Santa, 16 de abril de 2001, dedicou sua vida e talento ao ensino da língua inglesa por 45 anos e em ajudar o próximo, formando profissionais versados em inglês, forjando líderes com diplomacia e humanismo. Trabalhava pela integração das culturas brasileira e norte-americana, legado que se pereniza por seus discípulos e sucessores.Era ouvido e admirado nos congressos bi-nacionais, rodadas de negócios no Brasil e no exterior, em algumas ocasiõoes estivemos com ele, eu, Garcytilzo do Lago Silva, Aristotéles Lima Thury,Jorge Vasques, Roberto Meira Torres, Fred Jobim, Ruy Alencar Júnior, João Elias Freire, José Roberto Girão de Alencar, dentre outros, parecia ser uma águia em diplomacia, uma coruja sapiente nas ciências sociais – filosofia,psicologia e antropologia – conhecia a literatura universal com profundidade e concluiu com honors o mestrado em inglês na University of Miami, Flórida (EUA). Estava sempre além de nosso tempo, era magnânimo, se importava com o semelhante, não prometia, fazia, praticava atos que surpreendia, jamais perguntava se o amigo precisava de ajuda, simplesmente, ajudava, orientava, era um humanista na essência. Lembro-me quando o jovem estudante, Vicente Nogueira, chegou na metade do exame para a concessão de bolsas para os Estados Unidos, o professor Ruy Alencar, permitiu que concorresse. Assim o fez, e foi classificado em 1º lugar.

Projeto para Amazonino

Esse é o engenheiro que, décadas depois, desenhava a matriz do projeto no qual Amazonino Armando Mendes, então governador, se imortaliza na educacão com a criação da UEA (Universidade do Estado do Amazonas). Nogueira, é doutor pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), onde anualmente, quando pode agendar, ensina a mestrandos e doutorandos no Summer Session dessa famosa instituição. Nosso homenageado possuía uma personalidade única, por isso deixou saudades além do Atlântico e herança em sabedoria, humanismo, compaixão, e solidariedade humana, como sintetiza com propriedade Simi Buzaglo, professora padrão Icbeu, em postal dos Estados Unidos, quando trabalhava no governo J.F.Kennedy, programa Aliança para o Progesso, era 15 de maio ‘98, que traduzi do inglês “…aqueles que se aproximam do senhor, professor Ruy Alencar, encontram conforto, apoio, confiança, otimismo, sabedoria e orientação.

‘Sargento’ desenvolve líderes

No sentido lato, Ruy Alencar foi um verdadeiro sargento, e seus liderados se tornaram seus cativos, mas espalhados no planeta, como autênticos esportistas mantendo a tocha de seu legado, sempre acesa! Assim, tal qual os profetas, teve visão para transformar sonhos e preces de tantos, em sucessos palpáveis, servindo ao Amazonas, o Brasil e, globalmente, nas universidades, no poder público, caso de Luciana Montenegro Valente, aluna, professora do Icbeu, com mestrado em direito ambiental, foi secretária da Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) na administração anterior; na iniciativa privada,desponta o Ruy Alencar Junior, executivo de empresa com sede em Madri, na Espanha,Stephen Mark Silvers, casado com a Neuza, cujos filhos servem aos Estados Unidos. Esse é o nosso Gil, que seduzido, além de ensinar no Icbeu, foi um expoente na Ufam (Universidade Federal do Amazonas) até a aposentadoria, sigam-me, please “… fui recrutado pelo professor Ruy Alencar para ensinar no Icbeu, cheguei dia 2 de janeiro de ‘72… lembro-me dele sempre alegre, brincando, me chamava de “Gilly, o bode “por causa da barba que usava. Desde, o início vi que era uma pessoa muito especial, um ser humano extraordinário, foi um visionário, um idealista que sempre zelou pela aproximação do povo brasileiro ao norte- americano”.

Teia de poliglotas

O educador Ruy Alencar, criou uma teia hábil em atrair monoglotas, transformando-os em bilingues e poliglotas. Estimulava a capacitação de alunos e professores ao Icbeu e para o mercados nacional e internacional, respeitando, sempre os limites e capacidade de desafios de cada um, ajudar sempre parecia ser sua razão de vida, como fez com o Edilberto Pontes, talentoso professor, embora tenha me reprovado injustamente no TTC ( Teacher Trainning Course) que recebeu material e móveis para iniciar carreira solo . Os depoimentos positivos de discípulos, colegas professores e amigos, são merecidos, porque lançou sobre todos um satélite cultural transmitindo sabedoria universal e cultura da Amazônia brasileira, que continua em órbita, monitorado por nós, seus discípulos e companheiros desde a criação do English Speaking Club, comprometidos em operá-lo com precisão e zelo. Honrarias, lhes foram outorgadas, mas considerava as mais importantes, o diploma de honra ao mérito por relevantes serviços prestados ao Mobral (Movimento Brasileiro da Alfabetização), o mérito da Loja Maçônica Grande Oriente do Amazonas e o título de cidadão honorário do Estado do Texas, concedido pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, a receptividade do povo de Manaus, que o amava.

Espírito eclético, Alencar curtia bossa nova e Nat King Cole

O mestre Ruy Alencar, fazia acontecer, como fizera o mago Merlin e Ícaro, o grego, que ousou voar com asas coladas com cera, derretendo sob os raios solares, nosso herói viveu na era da conquista espacial, dos avanços na medicina, na bossa nova, de João Gilberto e Nara Leão, curtia Nat King Cole, viveu e entendeu a globalização e mereceu o respeito de comuns e intelectuais sua obra perpetuada: Márcio Souza, dramaturgo e escritor,“… o tempo e o dinheiro que meu pai gastou no Icbeu em Manaus não foram em vão…me tornei amigo de Ruy Alencar,miss Izabel, miss e Helena, miss Dilma Dantas, o inglês se tornou meu segundo idioma, o que me permitiu dar aula em universidades como a Berkeley e Stanford, na Califórnia, sem falar nas conferências em inglês que proferi em centenas de instituições… no mundo; Renato Alencar, professor competente de inglês, graduado pela University of New Mexico, EUA. Certo dia falávamos sobre sobre pessoas talentosas… e falou, “Ramirez, o professor Ruy Alencar, é uma daquelas inteligências que se tivesse nascido na Europa ou na América, teria sido um ministro de Estado”. Retruquei, graças a Deus nasceu no Amazonas, que teria sido de nós, e eu? Roberto Torres, respondeu “Ramiro, tu poderia estar quebrando castanhas naqueles navios cargueiros da Booth Line rumo ao Velho Mundo.” E tinha razão, ao iniciar no 1º. emprego, com Ruy Alencar & Carlos Couto, contei-lhe meu sonho em viajar… entrar na marinha mercante, nem pensar, sou nano, na altura!
Sherre Prince Nelson, foi professora, agora serve aos Estados Unidos, “ … no dia que cheguei em Manaus, fui diretamente ao Icbeu, esperando aprender português bem rápido, o professor Ruy Alencar, sempre gentil e cordial, me recebeu na porta da sala da diretoria, conversamos bastante, ficando surpresa com a qualidade do inglês falado por ele e pelos professores do Icbeu.
Para Aristótelis Comte de Alencar, cardiologista, e sua esposa Ângela Augusta Alencar, médica, ex-alunos, “o professor Ruy Alencar continua sendo uma fonte de inspiração para muitos jovens que têm a oportunidade de estudar a língua e cultura inglesa no Icbeu, na busca por novos conhecimentos.
Roberto Gesta de Melo, o senhor das Olimpíadas, toma o bastão e continua “ eu lecionava inglês no Icbeu a convite desse imortal, formando um trio de voluntários com Evandro Ribeiro e Roberto Vieira, certa tarde tive uma festa surpresa por ter ganho uma bolsa para o mestrado na University of Arkansas, nos Estados Unidos, esse clima fraterno e informal, constitui-se em ensinamento que procurei reproduzir nos diversos locais em que trabalhei ao longo de minha vida”.
Para Isaac Newton Pessoa, diretor atual do Icbeu e fundador do English Speaking Club, arremata “graças ao inglês que aprendi em Manaus, falei diretamente com sua alteza Hiroito, o príncipe herdeiro do Japão,quando integrava um grupo de 12 pessoas em visita ao Japão em 1981”, em nome desses discípulos, saudamos a todos vivos e os imortais que fazem a diferença.
Nosso mentor teve dos pais doutor Estácio Albuquerque Alencar e senhora Tereza Girão de Alencar, os parâmetros que delinearam a trajetória conhecida, dos irmãos recebeu amor, carinho, atenção solidariedade e apoio, que soube usar em vida: Júlia, Fanny, Raul, Carlos, Galdino, Rosa,Tereza,José Roberto, Socorro, Nair, Rita, Iracema, foi casado com dona Socorro Chaves de Alencar, teve os filhos: Ruy, Rita, Ruth, Renato, Luiz Henrique e Roberto, deixou irmãos e muitos netos. Os amigos de infância, em Itacoatiara, foram:Beth, Charles, Louis, descendentes dos Stones e Mickelsens, com quem aprendeu inglês e a quem ensinou português.
Ao Girão e Sebastiana Brito, agradáveis lembranças de Salvador, Bahia, Victor e Viviane Mello, bisnetos de Idelfonso Pinheiro, de quem eu e José Nunes, poliglota, fomos bolsistas, Violeta e o imortal Laércio Gonçalves, Secretario de Estado do Amazonas, que entendem de amor, e a Dores Auzier Moreira, amada irmã, de quem recebo apoio, cultura e amor ao longo dos anos. Vive em Copacabana no Rio de Janeiro e passa temporada em Brasília com Ana Paula Moreira Wiemer, a filha, economista, com o imortal Eduardo Wiemer,poliglota e humanista, orgulho de seus filhos e amigos, serviu ao Brasil, como secretário-geral de administração no governo Ernesto Geisel, nos dias de chuva criava chinchila, sabia também transformar sonhos em fatos, tal qual o mestre Ruy Alencar, ambos ajudaram na formatação da arquitetura político-administrativa que promoveu a transição do governo ditatorial militar à democratização do Brasil, pacificamente.
Ao futuro… Glenda Victória Diniz, 13 anos, da escola estadual professor Ruy Alencar, na Nova Cidade, Manaus, Beatriz, filha de Eliacy e Hermann Thury, aos irmãos João Elias e Joanne, filhos dos advogados João Elias Freire e Kátia Regina Siqueira Corrêa, Leonardo Masato e Filipe Masaru, filhos de Walter e Dayse Taneda, Raiciane Graça e Vivina Cantalice, filhas de Luciane Maria Cantalice, universitária na UniNorte-Laureate.
Matheus, 6 meses, filho de Uily e Vanessa Alves Neves, neto de Verônica de Gonzalez e bisneto de dona Othilia Gonzalez y Gonzalez, irmã de nosso saudoso amigo Manuel Gonzalez y Gonzales, o 1º.aluno matriculado, e as irmãs Yasmim e Isabela, esta com 2 meses de idade, filhas de Daniel dos Anjos Thury e Ingrid Rodrigues Thury, ela é neta de Aristotéles Thury e dona Ângela Maria dos Anjos Thury, senhores é assim que a família Icbeu se perpetua …
Salve, Carolina Lira Moreira, arquiteta pela Woodbury University, em Burbank, Califórnia (EUA), que recebe a visita do irmão André Lira Moreira, nos Estados Unidos para festa de formatura, ambos orgulho de mamãe Maria Conceição Lira Moreira, formada em turismo pela UniNorte-Laureate.
Graças a Deus, terminei com vida, após tanta emoção…

Líder capaz de despertar talentos

Não se constrói uma casa, tampouco uma cidade como Brasília, patrimônio da humanidade, sem planejamento, audácia, visão estratégica e recrutamento de profissionais talentosos, amigos, colaboradores. Nosso mestre fazia aflorar em todos, o que havia de melhor, como um catalisador, assim procedia, desenhou o estatuto do Icbeu propondo uma linha de comando simples, conselho deliberativo, diretoria e conselho fiscal, todos os cargos preenchidos por voluntários, membros da família Icbeu. O escritor Garcytilzo do Lago Silva é o atual presidente do Conselho Deliberativo, sócio fundador, doutor em educação pela University of San Diego, (EUA), em 1953. Foi um criador da Universidade Federal do Amazonas, hoje Ufam, também presidente, publica livros de poesia, narrativas, cuja qualidade, na essência, nada deve aos escritores laureados no planeta.

Escanear o futuro

O jurista Aristotételis Lima Thury, desembargador do TJAM, é o atual presidente da Diretoria, casado com Ângela Maria dos Anjos Thury, colega de Icbeu, pais de Luciana, Felipe e Daniel. Thury é resultado direto do trabalho genial de Ruy Alencar, cuja mente parecia ter o poder de escanear o futuro. O presdiente Thury, keynote speaker nos 50 anos do Icbeu, ’06, disse “… o Icbeu é filho de um homem cheio de idealismo, despido do egoismo e da ganância, que soube contar com pessoas com os mesmos ideais, transformando sonho em resultado real, sendo capaz de construir alicerces concretados com idealismo e conhecimento, em benefício de gerações futuras, para melhor enfrentar os desafios no século 21, a despeito de inesperadas surpresas “; Edgar Monteiro de Paula, presidente do Conselho Fiscal, contribui ao Instituto com sua privilegiada inteligência e memória, teve na esposa, Helena, bela como a de Tróia, o amor que o mantém forte como uma colossal montanha, aos 86 anos. Os dois formaram um par perfeito, clássico, humanista, leal e nobre, virtudes, certamente, que se perpetuam nas gerações dos filhos Edgar,Evandro, Estevão Eduardo, todos portadores do DNA abençoado dos Monteiro de Paula.

Formação de professores no Icbeu

O Icbeu se preocupa com o bem-estar e o aprendizado de seus 2.600 alunos, por isso investe na formação e capacitação de professores no Brasil e nos Estados Unidos, de quem cobra dedicação e eficácia, qualidades aliadas a gestão profissional, que fazem do Icbeu o líder absoluto que conhecemos:
• Membros do Conselho : Alexandrina Orofino, Antonio Carlos Alencar, Eudo Pinto da Silva, Fred Jobim, João Elias Freire, Raimundo Leite Gomes, Semeão Sobral Araújo, Edson Rosas, Eduardo Monteiro de Paula, Evandro Ribeiro, miss Izabel Silva, miss Júlia Alencar, Mária Justina da Silva, Orígenes Martins, Roberto Torres e Vanessa Silva Monteiro, secretária. Diretoria: Marineves Oliveira, 1ª.vice-presidente, José Roberto Girão de Alencar, 2º. vice-presidente,Isaac Newton Pessoa, 1º. Secretário, Manuel Batatel, 2º. Secretário, Sarah Foinquinhos 1º. Tesoureiro; Secretária-geral: Eliacy Oliveira Thury, Alane Pereira, Lhuana Santos; e Maria Tapajós, Etelvina e Terezinha Medeiros de Souza, assistentes. Marketing e eventos: Mércia Alencar Preto e Francine Tapajós. Conselho Fiscal: Daniel Chaves, Ramiro Farias Moreira, Aládio Corrêa, Luiz Costa, Ruy Alencar Júnior;Professores: Andreza Lago,Caroline Bradshaw Carvalho, Claúdia Malheiros, Fabíola Vasques, Geovani Neto, Gilmara Mendes, Helen Greyce Pereira, Herman Thury, Hugo Queiroz, José Roberto Alencar, Juliana Pantoja, Lívia de Alencar, Luís Fabian Barbosa, Márcio André Travessa, Margareth de Alencar, Maria Angela Soares,Maria de Aquino, Maria José Rolim, Mário César Santana, Monique Tapajos, Naila Maria Ferreira, Renato Alencar, Rosa Maria Muniz, Suelen Viana, Tania Meneses, Vania Maria Rech, Bárbara Violante e Summer Lee Marvin. Coordenadores: Mauro Vieira, Maristela Silva e Ruth Alencar Peixoto; Orientação educacional: Isa Akel Lima;Informática: Uily Neves, Antonio Mário da Silva e Eloy Amaral Junior.Contabilidade: Othilia Gonzalez y Gonzalez e Veronica de Gonzalez, contadoras. Biblioteca: Maria José Veiga,Loserlem Silva, bibliotecárias e Stephanne Silva, estagiária. Apoio estratégico: Dilma Dantas da Silva, Nicia Dourado; Serviços gerais: Leany Brandão, Maria Angélica de Oliveira, Denize Lopes, Mauricio Azevedo e Elias Franco, Lealmir Brandão, Abraão Silva, Eduardo Franco, Arilson Oliveira, Francisco Rocha, Maria Luiza Batista, Raimundo Nascimento, Sidney Chavier, Silda da Silva.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email