Produtores querem reconhecimento internacional da cachaça brasileira

https://www.jcam.com.br/agronegocios_cad2_2601.jpg
“Para isso, vão elaborar uma lista dos principais países para onde o Brasil exporta cachaça e encaminhar ao grupo de trabalho, coordenado pelo Itamaraty

O reconhecimento internacional da cachaça como produto brasileiro, a exportação e a legislação da bebida foram discutidas, na primeira reunião da Câmara Setorial da Cachaça de 2008, nesta quarta-feira (23), no Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).
Para os produtores que atuam na Câmara Setorial, a prioridade é que os países importadores reconheçam a cachaça como produto brasileiro.

“Para isso, vão elaborar uma lista dos principais países para onde o Brasil exporta cachaça e encaminhar ao grupo de trabalho, coordenado pelo Itamaraty, que identificará junto às embaixadas, os principais pontos que têm dificultado esse reconhecimento”, explicou o secretário-executivo da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça, Ricardo Cavalcante.

Cachaça a granel

Com relação à exportação da cachaça a granel, foi reformulado o grupo de trabalho para elaborar uma proposta a ser apresentada na próxima reunião da Câmara prevista para a segunda quinzena de abril.

A Câmara Setorial discutiu o Projeto de Lei 1187, do deputado Valdir Colatto (PMDB/SC), que dispõe sobre a produção, comércio, registro, padronização, classificação, controle, certificação, inspeção e fiscalização da cachaça e da aguardente de cana-de-açúcar brasileira.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email