Produtores de manona aprimoram plantio no Estado de Alagoas

Cerca de cem plantadores de mamona de Alagoas irão participar, na quinta-feira, 4, de capacitação com o especialista da Embrapa, Napoleão Esberard. Ele vai orientar os participantes para melhorarem o processo de plantio da cultura no Estado.
A ação, chamada Dia de Campo, está em sua quinta edição. Além das orientações teóricas, os participantes terão uma aula prática, quando receberão instruções sobre a forma correta para o cultivo da mamona, observando as técnicas usadas desde o plantio ao combate de pragas. As atividades serão realizadas nas fazendas Capiá e São Pedro na divisa dos municípios de Canapi (AL) e Inajá (PE) e uma das espécies que será plantada durante o Dia de Campo é a BRS Energia.
“O plantio dessa nova variedade de mamona é importante porque o processo do seu cultivo pode ser feito por mecanização, ou seja, plantada e colhida através de máquinas, o que facilita o trabalho dos plantadores”, afirmou o analista do Sebrae/AL, Luciano Pinheiro.
A cultura da mamona se destaca como uma oportunidade para inserção no cobiçado mercado dos biocombustíveis, sendo indicada para a agricultura familiar, uma vez que pode ser plantada junto a outros tipos de sementes, como feijão e milho. “A inserção nesse mercado vai impulsionar a geração de negócios em zonas rurais do Estado, promovendo a inclusão social e sustentabilidade econômica de comunidades do interior”, explicou o gerente da Carteira da Indústria do Sebrae/AL, Everaldo Figueiredo.
Em Alagoas, a Embrapa mapeou 33 municípios com condições climáticas propícias ao plantio da mamona. Mas a cultura começou a ganhar força em 2006, com a implantação do Probiodiesel/AL (Programa de Biodiesel do Estado de Alagoas), coordenado pelo Sebrae/AL, Seplan (Secretaria de Estado do Planejamento e do Orçamento) e Seagri (Secretaria do Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário).
Desde o início do programa, entre 2006 e 2007, o número de agricultores que aderiram à produção consorciada passou de 122 para 486 e a área plantada no Estado cresceu 475%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email