Produção de chips da Samsung cresce 57%

O relatório trimestral da Samsung Electronics divulgado nesta segunda-feira (18) revelou um forte crescimento de 57,4% na produção de chips da divisão, na comparação entre os primeiros trimestres de 2019 e 2020, apesar de o período ter sido marcado pela pandemia da COVID-19.

A empresa sul-coreana fabricou 277,4 bilhões de chips entre janeiro e março deste ano, contra 176,2 bilhões em 2019. A taxa de ocupação das linhas de produção no período foi de 100%.

Segundo especialistas, o salto se deu graças à forte demanda no mercado de servidores, aquecido no trimestre em decorrência do aumento de uso de serviços remotos.

Conhecida pelos processadores Exynos, usados principalmente nos celulares da linha Galaxy, a Samsung é a maior fabricante mundial de chips de memória RAM e armazenamento, além de produzir em suas fábricas chips usados por terceiros, caso de alguns processadores Snapdragon, da Qualcomm.

Na direção contrária, as divisões de celulares e telas da Samsung tiveram quedas de 34,4% e 35,5%, respectivamente. As perspectivas para o segundo trimestre para ambos os setores também são de queda, influenciadas pelos fechamentos temporários de fábricas no México, Índia e Brasil.

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email