Prodam cria recurso para verificar autenticidade de certificados

A Empresa de Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM), acaba de disponibilizar um serviço gratuito à população que deseja verificar a autenticidade de certificados expedidos pela rede estadual de ensino do Amazonas. Para acessar, basta visitar o site http://certificado.seduc.am.gov.br/ e informar os seguintes dados: nome completo do estudante, data de nascimento, grau de escolaridade, ano de término dos estudos e nome da escola e do município onde concluiu o ensino.
Este projeto pioneiro surgiu da necessidade do Ministério Público Federal e demais interessados em consultar de forma ágil a autenticidade dos certificados de conclusão de ensino visando minimizar as constantes fraudes deste tipo de documento.
Segundo o gerente de monitoramento e auditoria escolar da Seduc-AM, Thiago Lima, a implantação do portal traz transparência às informações emitidas pela secretaria, além de economia de gastos e de tempo, já que este serviço era realizado através de atendimento presencial. “A verificação de autenticidade de certificados é um serviço bastante demandado por instituições empregatícias e empresas ao realizar o recrutamento de profissionais”, informou. Atualmente, o portal possui mais de 350 mil certificados emitidos desde 2005.
A analista de sistemas da PRODAM e responsável pelo projeto, Gisely Rebouças, explica que os certificados estão disponíveis graças ao Sistema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas (SIGEAM), criado e implantado pela PRODAM em 2004. “O sistema é responsável pelo gerenciamento em tempo real de informações de ordem administrativa de todas as unidades de ensino”, informou.
No portal, qualquer cidadão poderá atestar a autenticidade de até 13 tipos de certificados que são expedidos pela Seduc-AM, tanto da capital quanto do interior do Estado, “entre eles os de conclusão de ensino fundamental e médio regular, Supletivo e os de Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, disse Gisely.
De acordo com a Seduc, nos casos em que a autenticidade do documento em análise não for apontada mediante confirmação nos registros do órgão, o caso pode ser reportado à Gerência de Monitoramento e Auditoria Escolar da Secretaria, que fornecerá maiores instruções por meio dos telefones 3614-2243 e 3614-2245.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email