Procura por atendimento telefônico pode crescer 20%

Hoje no mundo globalizado um contato telefônico perdido pode significar um negócio a menos no final do mês, ou uma simples mensagem mal-interpretada pode gerar até prejuízos financeiros. Os profissionais que trabalham fora dos escritórios sabem bem o que é isso e vivem buscando alternativas para resolverem esses problemas. Uma delas é oferecida pelo Virtual Office, maior empresa de escritórios virtuais do país em número de clientes, que disponibiliza aos seus clientes um serviço chamado de ATP (Atendimento Telefônico Personalizado).
O pacote inclui secretárias bilíngues, redirecionamento de chamadas para telefone fixo e celular, recados via web que podem ficar armazenados por prazo indeterminado, voice mail (somente em alguns pacotes), atendimento telefônico com o nome da empresa, etc.

Certeza
de contato

Segundo Mari Gradilone, diretora do Virtual Office, a procura pelo serviço tem crescido em função da comodidade, segurança e a credibilidade que proporciona aos seus clientes. “O Virtual Office está ampliando o serviço de ATP. É por isso que investimos em duas centrais telefônicas novas, uma na Unidade Paulista e a outra no Shopping Service em Alphaville. Por exemplo, na unidade de Alphaville o usuário paga R$ 210 por mês pelo serviço e ainda pode personalizar a caixa de mensagens”, explicou ela.
Mari ressaltou que o serviço é muito utilizado por profissionais liberais e escritórios de representação, principalmente de empresas multinacionais que não dependem de um espaço físico para atuar, mas que necessitam de uma estrutura de atendimento telefônico eficiente. “Temos quatro opções de planos de atendimento telefônico personalizado que podem se encaixar de acordo com a necessidade do cliente. A nossa previsão é de que a procura por esse serviço cresça 20% ainda no primeiro semestre de 2008”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email