Primeiro navio porta-contêiner construído no Brasil é lançado

A Log-In Logística Intermodal lançou na última quinta o navio Log-In Jacarandá, o primeiro navio porta contêiner construído no Brasil neste século

A Log-In Logística Intermodal lançou na última quinta o navio Log-In Jacarandá, o primeiro navio porta contêiner construído no Brasil neste século. Esta embarcação é a primeira de uma encomenda de sete navios que a empresa tem com o estaleiro, sendo cinco porta-contêineres e dois graneleiros.
O investimento total da Log-In na construção de navios é de cerca de R$ 1 bilhão, financiado com recursos do FMM (Fundo da Marinha Mercante) e tendo o BNDES como agente financeiro. Durante dois anos, cerca de três mil trabalhadores participaram da construção do navio. O Log-In Jacarandá pesa cerca de 10 mil toneladas vazio e pode chegar a 47 mil toneladas carregado. Possui 218,45m de comprimento total, 29,80m de boca (largura), 11,60m de calado máximo, velocidade de 20 nós (no calado de projeto de 10,60m).
Com capacidade para transportar 2.800 TEU’s (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) ou cerca de 38 mil toneladas de porte bruto, o Log-In Jacarandá marca um momento histórico na cabotagem brasileira: há cerca de 15 anos não são construídos navios deste gênero no país. A embarcação ampliará a capacidade da frota da Log-In e entrará em operação no início de 2011 no serviço da Navegação Costeira, que liga os principais portos do Brasil e do Mercosul.
Para o diretor presidente da Log-In, Mauro Dias, depois de tantos desafios superados esta é uma conquista da qual a empresa tem muito orgulho. “Estamos investindo na cabotagem, renovando a frota de navios mercantes de bandeira brasileira e contribuindo para a retomada da indústria naval nacional”, afirma.
Segundo o executivo, este navio também traz outra contribuição importante. Por ser mais eficiente energeticamente e por ter uma grande capacidade de carga, a cada viagem será possível retirar das estradas brasileiras cerca de 2.800 caminhões, contribuindo para a redução das emissões de C02.
A cerimônia de lançamento teve as presenças do vice-presidente da República José Alencar, do governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, governador de Alagoas, Teotônio Vilela e o Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, além de empresários e executivos do setor. A madrinha da embarcação, uma tradição no setor naval, será D. Mariza Campos Gomes da Silva, esposa de José Alencar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email