Previdência privada tem captação de R$ 16,7 bi

A previdência privada no Brasil registrou captação de R$ 16,7 bilhões no primeiro semestre deste ano, o que representa aumento de 9,56% ante o mesmo período do ano passado

A previdência privada no Brasil registrou captação de R$ 16,7 bilhões no primeiro semestre deste ano, o que representa aumento de 9,56% ante o mesmo período do ano passado.
O resultado foi impulsionado pelo plano VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), que cresceu 12,23% no período, com captação de R$ 12,8 bilhões, contra R$ 11,4 bilhões captados no mesmo pe­ríodo do ano passado. Já o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) teve retração de 0,01%, com captação de R$ 2,2 bilhões.
Os dados foram divulgados ontem pela Fenaprevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), e mostram que a captação dos planos tradicionais registrou leve alta no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2008, de R$ 1,6 bilhão no ano passado para R$ 1,7 bilhão em 2009. Os outros produtos de previdência (Fapi, PGRP e VGRP) captaram R$ 8,2 milhões, com retração de 23,88%.
Os planos individuais tiveram captação de R$ 13,5 bilhões no período, crescimento de 11,04%. Os planos corporativos, por sua vez, captaram R$ 2 bilhões, registrando retração de 1,91% nos seis primeiros meses do ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email