Presença de Renan pode atrapalhar votação

A decisão do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) de permanecer na presidência do Senado, mesmo com os apelos de governistas e da oposição para deixar o cargo, promete dificultar a aprovação da PEC (proposta de emenda constitucional) que prorroga a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) até 2011.

Os parlamentares reconhecem que a postura de Renan poderá trazer prejuízos à Casa, sem a votação de matérias como a CPMF.

A líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (SC), admitiu que a situação chegou a um ponto “crítico” na Casa. Mas disse esperar por um gesto de Renan para que as votações sejam retomadas a tempo de se aprovar a CPMF.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email