Prefeitura trabalha para entregar terminal pesqueiro em dezembro

Nos próximos dias a Prefeitura de Manaus fará aditivo de prazo para conclusão das obras do Terminal Pesqueiro de Manaus, que funcionará ao lado da Feira da Panair, no bairro de Educandos, Zona Sul.  O terminal, um sonho de mais de 60 anos dos pescadores de Manaus, é destinado à descarga e entreposto, com capacidade para armazenar 200 toneladas de pescado, o que vai minimizar o desperdício de peixe na safra.

Cerca de 85% das obras do terminal, que funcionará como uma espécie de porto flutuante, estão concluídas. O prazo previsto para entrega das obras é dezembro deste ano.
O terminal de pescado é resultado de um convênio entre o Ministério dos Transportes e a Prefeitura Municipal de Manaus, no valor de R$ 14 milhões, sendo R$ 12 milhões oriundo do governo federal e R$ 2 milhões como contrapartida do município.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Serviços Básicos e Habitação, Paulo Rocha Farias, o terminal não tem a função de estoque regulador. “O terminal é destinado à descarga e entreposto de pescado. Não de armazenagem, embora tenhamos capacidade para armazenar 200 toneladas de peixe”, explicou Paulo Farias.
O terminal terá 120 metros de comprimento, com capacidade para receber ao mesmo tempo até 45 barcos. Ele é composto por três balsas. Duas, com 60m de comprimento por 20m de largura, serão usadas para recebimento e comercialização do pescado. A outra, um pouco menor, com 50m de comprimento e 20m de largura, vai abrigar a administração do terminal.

Além dessas balsas haverá ainda uma rampa móvel flutuante que ligará as balsas ancoradas no rio Negro ao solo. Essas balsas já estão na água e faltam alguns serviços de finalização. O Erin (Estaleiro Rio Negro), que fica na Compensa, zona centro-oeste, é o responsável pela construção das balsas.

As obras civis, que também estão em andamento, incluem a construção de um galpão onde funcionará uma área para limpeza de peixes e parte da administração, a construção de um galpão com câmaras frigoríficas para a estocagem do pescado e uma rampa de acesso para as balsas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email