Prefeitura discute revitalização da praça e de terminal de ônibus da Matriz

Uma das 38 ações previstas para o projeto “Nosso Centro”, dentro do programa de crescimento econômico e social “Mais Manaus”, lançado pelo prefeito David Almeida, a revitalização e readequação do Terminal da Matriz foi pauta de reunião entre o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) para alinhamento de conceitos e propostas.

Os diretores-presidentes do Implurb, engenheiro Carlos Valente, e do IMMU, Paulo Henrique Martins, se reuniram com seus respectivos corpos técnicos discutindo a ação e mobilidade urbana para a área central da capital.

 Trata-se de uma reformulação geral do Terminal da Matriz, revitalização e mudança de circulação do transporte coletivo em algumas ruas do Centro, prevendo o redesenho do traçado urbano e viário, capacitando o sistema para atender melhor a população e proporcionar a integração dos espaços públicos.

Carlos Valente e Paulo Henrique Martins trataram ainda de mobilidade, melhorias para o entorno, seguindo diretrizes de maior eficiência urbana para a população apresentada pelo prefeito.

“Estamos alinhando diretrizes técnicas, com os novos conceitos que estão sendo criados pelo Implurb dentro do ‘Nosso Centro’. Na parte técnica, estudamos os deslocamentos, mobilidade dos ônibus e o tamanho das plataformas, de forma que o usuário possa ser bem atendido e que os ônibus parem em locais adequados”, explicou Paulo Henrique.

 A proposta prevê a retirada do terminal que existe hoje, que apresenta diversos problemas operacionais e de manutenção, tendo ainda uma tipologia menos moderna e integrada. “A previsão é de que o terminal seja reduzido em termos de tamanho, sem que haja perdas para os usuários do transporte, uma vez que faremos reestruturação de todas as linhas de ônibus. O Centro passará a ser atendido com maior frequência, tendo maior alimentação por menos linhas. Devem chegar ao Centro os ônibus troncais e algumas linhas radiais”, disse o diretor do IMMU, acrescentando que, com esta configuração, se abrirá maior circulação na área já revitalizada para que as pessoas possam andar de forma mais segura, integrando espaços públicos entre a Matriz e a Ilha de São Vicente.

“Abrimos novas frentes de discussão técnica em função do programa do prefeito David Almeida, o ‘Nosso Centro’. Iniciamos conversa e estudos sobre terminais e mobilidade na área central e no entorno da Matriz e adjacências, para buscar uma melhor eficiência e integração entre os vários eixos do projeto”, disse Valente.

 O IMMU fará os dimensionamentos de funcionalidade e quantidade de linhas que precisam circular na área central, e esses dados vão compor o projeto de mobilidade e o de revitalização.

 “A integração busca ter a maior assertividade em todas as propostas do prefeito David Almeida. Depois dos aspectos técnicos ajustados, vamos tratar da parte arquitetônica, na qual teremos a ação de um grande parceiro, o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), e de outros atores”, comentou o diretor-presidente do Implurb.

 Para a próxima reunião de alinhamento, ficou acertado que serão apresentados projetos de construções e mobilidade para total revitalização da praça e do Terminal da Matriz.

Prefeitura finaliza revitalização da avenida Torquato Tapajós

https://www.manaus.am.gov.br/wp-content/uploads/2021/07/51337696645_d7e21fa85a_c-720x407.jpg
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Manaus finalizou a revitalização do asfaltamento nos dois sentidos da avenida Torquato Tapajós, na zona Centro-Sul. A obra recuperou quase 10 quilômetros da via, que estava tomada por buracos, prejudicando o grande fluxo de veículos no local. A ação faz parte do pacote de “Obras de Verão”, que integra o programa de Crescimento Econômico e Social de Manaus, o “Mais Manaus”, lançado em junho pelo prefeito David Almeida e pelo vice-prefeito Marcos Rotta.

Foi realizada a fresagem na avenida, que é a remoção da camada desgastada de asfalto do pavimento anterior e feita uma nova capa de asfalto, com o serviço finalizado em 22 dias. Aproximadamente 60 trabalhadores atuaram à noite e na madrugada, para que o trânsito no local não fosse prejudicado.

De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, a determinação do prefeito David Almeida foi de aliar celeridade e qualidade nas obras entregues à população de Manaus.

“Antes nós tínhamos uma avenida de muito movimento, que já apresentava desgaste natural e tinha diversos problemas no pavimento. Com a obra determinada pelo prefeito David Almeida, hoje podemos perceber que a Torquato Tapajós está nova e os condutores já não têm mais obstáculos na via. Agora vamos ter melhor fluidez no trânsito, evitando, assim, que o condutor pare, desvie, por conta de um buraco ou até mesmo cause acidentes”, disse Rotta.

O projeto de revitalização foi realizado nos dois sentidos da avenida Torquato Tapajós, no trecho entre o viaduto 28 de Março, que dá acesso à avenida Santos Dumont, que leva ao aeroporto internacional Eduardo Gomes, no Tarumã, zona Oeste, e à rodoviária, na zona Centro-Sul.

O metalúrgico Raimundo Angelino dos Santos destacou o serviço e a facilidade em trafegar, agora, pela  avenida. “Para mim, melhorou muito, porque a Torquato tinha muitos buracos e acidentes. Ficou excelente e a gente espera que o nosso prefeito continue assim, fazendo esse trabalho e também levando melhorias aos bairros da nossa cidade, que passaram muitos anos sem receber a devida atenção”, afirmou o metalúrgico.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email