Prefeito retira emenda que reduzia verba para a Educação

O líder do prefeito na Câmara, vereador Elias Emanuel (PSB), leu a mensagem de Serafim Correa pedindo a retirada de tramitação do projeto de Emenda à Loman.

O prefeito municipal de Manaus, Serafim Corrêa retirou de pauta, no último dia de votação da CMM (Câmara Municipal de Manaus), o projeto de Emenda à Lomam (Lei Orgânica de Manaus), que previa a redução de 30% para 25% do percentual mínimo de aplicação dos recursos do orçamento municipal para o setor de educação. De acxordeo com o prefeito Serafim Correa, o projeto de autoria do Executivo Municipal havia sido enviado à Câmara Municipal para ser analisado a pedido do prefeito eleito, Amazonino Mendes.
O líder do prefeito na Câmara, vereador Elias Emanuel (PSB), leu a mensagem de Serafim Correa pedindo a retirada de tramitação do projeto de Emenda à Loman.

Vereadores descontentes

De acordo com o líder Elias Emanuel a atitude do prefeito Serafim Correa deve-se ao descontentamento dos vereadores com a apresentação da emenda.
“É uma medida razoável já que o projeto teve uma reação contrária muito forte dentro da Câmara de Vereadores”, explicou o Emanuel. “O melhor caminho a seguir, explicou, foi à retirada de tramitação, já que a Câmara encerrou suas atividades na terça-feira e não teríamos condições e nem como discutir a matéria”, declarou.
Os vereadores da bancada governista louvaram a atitude do prefeito. Para Marcelo Ramos (PCdoB) a aprovação da emenda seria um retrocesso para o sistema educacional no município de Manaus. “Não posso deixar de louvar a atitude do prefeito que, convencido pelas pressões desta Casa, pelo diálogo com o sindicato dos trabalhadores da Educação e pelo argumento de que não poderia manchar sua administração com este último ato de grande impopularidade, retirou de pauta a matéria”, declarou Ramos.
A vereadora Lúcia Antony (PCdoB) declarou que a retirada de tramitação da matéria foi uma grande vitória dos profissionais da educação, dos estudantes e de toda população de Manaus

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email