Prefeito quer acabar com animosidade

O jogo de estreia da Copa do Mundo 2014, no estádio Arena da Amazônia em Manaus, vem gerando grande expectativa popular e política. Definido em sorteio pela FIFA, na semana passada, a partida inaugural será disputada entre as seleções da Inglaterra e da Itália, na capital amazonense. Duas grandes potências mundiais que vislumbram uma oportunidade de estreitar relações econômicas através do esporte. A Inglaterra terá uma atenção especial desde já, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, vai convidar representantes da Embaixada da Inglaterra no Brasil para conhecer a capital do Amazonas e, posteriormente, vai realizar uma viagem a Londres. A informação foi dada durante a inspeção às obras da Ponta Negra, que será entregue à população no dia 22 deste mês.
Segundo o prefeito, é preciso acabar com a animosidade entre Manaus e os ingleses, por conta do mal entendido que precedeu o sorteio realizado pela FIFA para distribuir as seleções pelas sedes na primeira fase da Copa de 2014. A capital amazonense é historicamente ligada à Inglaterra, que se fez presente no Amazonas no início do século passado, com a galeria dos ingleses, por exemplo. Neste final de semana, o jornal inglês Daily Mail classificou como ‘bastante preocupante’ a possível aparição dos jacarés nas ruas da ‘cidade da selva’, entre outras ponderações.
“Vamos falar com a Embaixada da Inglaterra para que seus representantes possam conhecer Manaus. Queremos mostrar nossas potencialidades e o que podemos oferecer aos nossos hóspedes ingleses. Alguns comentários têm sido infelizes em relação à cidade e só mostram o desconhecimento em relação a uma região estratégica e mundial”, disse o prefeito.
Arthur Neto ainda afirmou que também pretende ir a Londres, com auxílio de diplomatas brasileiros e ingleses, para visitar o campo de treinamento da Inglaterra, durante a preparação rumo à Copa do Mundo. Além disso, será preparado um press release apresentando todas as potencialidades manauaras, que será distribuído aos jornalistas ingleses mostrando a realidade majestosa da capital do Amazonas que, segundo Arthur, será a sede mais cobiçada pelos jornalistas esportivos e turistas que virão para o mundial.
“Minha intenção é conversar com os jornalistas ingleses, se possível em Londres, para mostrar como é Manaus. Também pretendo fazer uma interlocução com empresários da Inglaterra para estudar a possibilidade de investimentos europeus na cidade. Deve haver cortesia entre nós e vamos trabalhar com o intuito de acabar com as polêmicas”, assinalou.
Antes de mandar o convite oficial à Embaixada da Inglaterra, o prefeito deve se reunir com o governador Omar Aziz para traçar novas estratégias que possam estreitar ainda mais os laços entre Manaus e os países que jogarão na Arena da Amazônia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email