Prefeito de Jutaí busca apoio do governador

O município de Jutaí vem sofrendo com as mudanças políticas dentro do Executivo municipal. Diante da cassação do ex-prefeito, Asclerpide de Souza (PT), e da posse do novo prefeito, Antônio Cândido (PT), a população amarga falta de investimentos e estagnação econômica. Para o atual chefe do Executivo, esta transição prejudica a população. Antônio Cândido veio a Manaus buscar apoio do governo do Amazonas para enfrentar o início do seu mandato.
Depois de ser afastado da prefeitura de Jutaí, por conta de duas ações de improbidade administrativa impetradas pelo Promotor de Justiça do município, Marcelo Augusto, o ex-prefeito Asclerpide de Souza (PT) vê sua situação piorar a cada dia, já que ainda responde no TJAM (Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas) a três processos, dentre os quais por um deles já foi condenado e está em processo de recurso, por utilização indevida de renda e bens públicos para benefício próprio e de terceiros; prestações de contas rejeitadas; ausência da perícia em crime de apropriação e desvio de recursos públicos.
Contra as decisões do juiz do município, Fabio Alfaia, o ex prefeito entrou com dois agravos. Para o atual prefeito, Antonio Cândido (PT), que assumiu no ultimo dia 15 o lugar de Asclerpide de Souza, a população não quer mais a volta do ex-prefeito, pois desde o dia em que assumiu a prefeitura ‘não fez nada pelo município’, que se encontra em estado de calamidade.
“Situação bastante complicada, pois nessa mudança de cargo estamos sem recursos para investir no que é necessário para o município. Há vários fatores a serem resolvidos principalmente na área da Saúde: os hospitais estão sem médicos, a população está sendo atendida por técnicos de enfermagem, pois o único médico da cidade não consegue fazer o atendimento necessário a todos. Muitas vezes, em alguns casos, a população se desloca até Manaus para se tratar”, explicou o prefeito.
O petista que substituiu o colega cassado reclamou ainda da situação caótica em que se encontra o setor de Educação do município. “Outro fator que temos que discutir é em relação à Educação. Não há escolas na zona Rural. Precisamos construir. Há muitas crianças, hoje, no município de Jutaí, fora das escolas e isso não pode acontecer, pois um dos caminhos para se educar uma criança começa pela escola. Eu vim até Manaus para ter uma conversa com o governador Omar Aziz (PSD), pois acredito que uma parceria entre governo e município possa melhorar as coisas no município de Jutaí, que se encontra em uma situação difícil. Eu espero poder receber esse apoio do governador”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email