Preços do Produtor têm primeira alta mensal do ano em março

O IPP (Índice de Preços ao Produtor) teve alta de 0,03% em março, na comparação com fevereiro, divulgou na última sexta-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De janeiro para fevereiro, o IBGE havia registrado queda de 0,35%. Com os resultados, o IPP acumula alta de 6,64% em 12 meses e queda de 0,42% em 2013.
O índice engloba 23 setores da indústria de transformação e mede os preços dos produtos sem os custos de frete e impostos. No ano, as atividades que apresentam as maiores variações acumuladas são alimentos (-5,26%), em uma ponta, e têxtil (3,14%), na outra. No terceiro mês consecutivo de queda, os alimentos tiveram variação de -1,25% em março, menor do que o -1,52% de fevereiro e os -2,58% de janeiro. Apesar disso, foi registrada alta de 8,78% na comparação com março de 2012. Já o setor têxtil teve queda de -0,11% em março, mas se manteve com a maior variação acumulada do ano. Em 12 meses, a atividade acumula alta de 4,11%. Ante março de 2012, as principais altas foram registradas em fumo (19,06%), outros produtos químicos (13,45%), bebidas (10,14%) e refino de petróleo e produtos de álcool (9,74%). O índice é calculado com base na análise de 320 produtos e cerca de 1,4 mil empresas, que equivalem a aproximadamente 68% da receita líquida de vendas de produtos e serviços industriais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email