Preços da agropecuária paulista têm alta de 0,58%

O IqPR (Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista) teve alta de 0,58% na primeira quadrissemana de outubro, “puxado” pelos produtos de origem vegetal (IqPR-V), com variação de 3,57%. Já os de origem animal (IqPR-A) caíram 5,58%.

Excluindo-se a cana-de-açúcar do cálculo, a variação positiva do IqPR atinge 2,08% e o IqPR-V sobe para 9,53%, especialmente devido às altas do milho (21,94%) e da banana nanica (24,11%).

Outros produtos com alta representativa foram trigo (13,97%), arroz (13,87%), tomate para mesa (13,03%), amendoim (12,35%), feijão (11,84%) e soja (11,36%).
A cotação do milho foi influenciada pelas boas vendas ao exterior, que diminuem a oferta no mercado doméstico, assim como pelo aumento da demanda. A banana e o arroz têm baixa oferta.

O feijão teve diminuição da área cultivada e da produção, fato associado à seca e aos preços muito baixos nas colheitas anteriores.

Os produtos com queda nos preços foram ovos (12,08%), carne frango (10,38%), carne bovina (4,74%) e cana (2,38%). Para os três primeiros produtos, houve ligeira retração das vendas no varejo, devido aos altos preços praticados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email