Preço recua mais de 2% e volta para casa dos US$ 70

O preço do petróleo no mercado americano fechou na segunda-feira com sua segunda queda seguida, provocada pelo avanço da cotação do dólar ante outras moedas, e voltou a ser vendido abaixo dos US$ 80, nível que atingiu na semana passada.
Na Nymex (Bolsa de Mercadorias de Nova York, na sigla em inglês), o barril de petróleo bruto tipo WTI para entrega em dezembro recuou 2,26%, para US$ 78.68.
Porém, no início dos negócios o preço chegou a bater US$ 81.58, puxado pelo enfraquecimento do dólar -que chegou a ficar em seu nível mais baixo em 14 meses na comparação com o euro. Conforme a moeda americana ia se recuperando, o preço da commodity ia no movimento inverso.
“O aumento é guiado não pela demanda, mas pela queda da produção de gasolina e pelo enfraquecimento do dólar”, disse o analista Phil Flynn, da PFGBest, em relatório para clientes no início do dia, quando o preço ainda estava em alta.
O preço do petróleo é diretamente ligado à cotação do dólar porque ela é cotada pela moeda americana. Quando o dólar se enfraquece, os investidores partem para investir no petróleo, como uma espécie de proteção para a desvalorização da moeda.

Óleo pesado

A Petrobras pode mudar os planos para processar mais petróleo pesado em sua refinaria em Okinawa, atualmente dedicada a óleos mais leves, disse o presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, na segunda-feira.
A Petrobras considerou melhorias que incluem a construção de uma unidade para processar petróleo pesado em refinarias da ilha no sul do Japão, mas adiou os planos no início deste ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email