Preço do etanol cai em média 0,5% em 13 Estados, segundo ANP

Os preços médios do etanol hidratado nos postos brasileiros recuaram em 13 Estados na semana passada, encerrada em 3 de julho, de acordo com dados coletados pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e compilados pelo AE Taxas, da Agência Estado. Em São Paulo, maior produtor e consumidor nacional do combustível, a queda foi de 0,55% no período. As cotações médias subiram em dez Estados e ficaram estáveis no Distrito Federal, Amapá, Pará e Rondônia.
Em São Paulo, o litro do hidratado ficou em R$ 1,262, em média, na semana passada, ante R$ 1,269 na semana anterior. Em Minas Gerais, segundo maior produtor, o preço subiu 0,54% na semana, para R$ 1,67, em média, e, no Paraná, terceiro maior produtor, o valor médio recuou 0,67%, de R$ 1,343 para R$ 1,334 se comparados os mesmos períodos. O maior recuo, de 3,82%, ocorreu no Rio de Janeiro e a maior alta, de 4,53%, em Alagoas.
Na média geral de preços do Brasil, o etanol segue mais competitivo que a gasolina ao consumidor. Segundo a ANP, o preço do etanol ficou em R$ 1,528 na semana passada, ante R$ 1,529 na semana anterior, na média do País. Em relação à média do preço da gasolina, que recuou de R$ 2,537 para R$ 2,536 por litro, o preço do etanol está em 60,25% do combustível de petróleo. Ou seja, o preço do etanol ainda está 13,93% abaixo dos 70% de ponto de equilíbrio com o da gasolina, o que torna o álcool mais competitivo no preço médio.
Os preços mínimos registrados para o etanol foram de R$ 0,99 por litro no Estado de São Paulo e de R$ 0,999, no Paraná. O preço máximo foi de R$ 2,84 por litro registrado no Acre. Na média de preços, o menor valor médio foi o de São Paulo, de R$ 1,262 por litro e o maior também foi registrado no Acre, de R$ 2,456 por litro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email