Preço cai após furacão Gustav passar pelo golfo do México

O preço do petróleo fechou em baixa ontem, depois de cair para US$ 105 -valor a que chegou pela primeira vez no início de março deste ano.
Com o furacão Gustav tendo perdido força e os sinais de que causou poucos danos à infra-estrutura petrolífera do golfo do México, os investidores ficaram tranqüilos, abrindo espaço para a queda do preço da commodity.
O barril do petróleo cru para entrega em outubro, negociado na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York, na sigla em inglês), encerrou o dia negociado a US$ 109.71, queda de 4,98% em relação à cotação do dia 29 de agosto -último dia de negociação antes do feriado nos EUA, do Dia do Trabalho. O preço máximo da commodity foi US$ 118.60 e o mínimo, US$ 105.46.
Praticamente toda a produção no golfo do México foi interrompida enquanto as empresas avaliam os danos causados pelo furacão, segundo o MMS (Minerals Management Service), órgão regulador dos Estados Unidos para atividades no mar. Ainda não há uma previsão para a retomada das atividades, mas algumas empresas já se preparam para enviar novamente suas equipes às plataformas, o que deve começar hoje, 03.
O Gustav perdeu força hoje e passou de tempestade tropical a depressão tropical, segundo o NHC (Centro Nacional de Furacões). Ontem, ainda como furacão, ele atingiu o Estado de Louisiana com fortes ventos e chuvas intensas. O furacão deixou ao menos sete mortos nos EUA, em acidentes ou transferências de pacientes de hospitais, elevando para mais de cem o número de mortes provocados desde sua passagem pelo Caribe.
O presidente Bush disse que ainda é cedo para avaliar os estragos que o furacão causou às instalações petrolíferas na região do golfo do México.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email