15 de abril de 2021

Pré-pagos promovem inclusão financeira de PMEs

https://www.jcam.com.br/PGB1_2312_009.bmp
Cartão pré-pago promove inclusão de microempresário no setor financeiro

Segundo dados da PagPop, empresa especializada em meios de pagamento móveis para micros e pequenos empresários, 30% de seus clientes não são bancarizados. Pensando nisso, a empresa criou o PagPop Mastercad, cartão pré pago que funciona como domicílio bancário.
A iniciativa vem em parceria com a Acesso, empresa especializada na emissão e gerenciamento de cartões e meios de pagamento pré-pagos. Com o novo produto, o pequeno empreendedor pode receber seu dinheiro sem o intermédio de uma instituição financeira, já que não há necessidade de possuir conta em banco, tampouco ter o nome limpo, pois todo o processo de abertura da conta é feito sem a necessidade de análise de crédito.
“A ideia é facilitar o empresário, trazendo uma solução completa para a população não bancária, que muitas vezes não tem dinheiro para arcar com os custos cobrados por uma instituição financeira tradicional”, explica Márcio Campos, CEO da PagPop.
Dessa maneira, o dinheiro resultante de pagamentos feitos com cartão de débito e crédito, que costumava ser recebido através da conta corrente de algum familiar ou pessoa próxima ao comerciante não bancarizado, cairá diretamente no cartão PagPop MasterCard, oferecendo ao empresário mais segurança e controle sob o seu empreendimento.
O cartão conta com diversas funcionalidades como consulta de saldo via mensagem de texto, extrato online, extensa rede de recarga, aplicativo para celular, pagamento de contas, recarga de celular, transferência entre cartões e até mesmo compras pela internet. Além disso, pode ser usado em qualquer estabelecimento onde a bandeira MasterCard seja aceita.
De acordo com Bernardo Faria, diretor comercial da Acesso, a novidade faz o papel de um serviço financeiro tradicional custando menos, sendo positivo principalmente para trabalhadores autônomos e profissionais liberais, que não conseguem estipular seu lucro exato todos os meses.
“É a primeira vez que disponibilizamos uma alternativa tão democrática de domicílio bancário ao micro e pequeno empresário”, afirma Faria.
De acordo com os executivos entrevistados pelo DCI, o grande conceito em torno do novo cartão é a inclusão financeira para as pessoas que estão na base da pirâmide socioeconômica e à margem do “mundo dos bancos”.

Foco
A Acesso e a PagPop explicam que a Região Nordeste do Brasil é o lugar onde pretendem investir mais na inserção do produto, pois, segundo os dados das duas companhias, trata-se da região com menor índice de inclusão bancária. Além disso, explica Faria, a PagPop e a Acesso têm realizado parcerias com empresas de outras regiões através de operadores de microcrédito. “Nosso foco é sempre na linha do micro e pequeno empreendedor, no sentido de dar soluções que os bancos não dão, muitas vezes por não saberem ou não se interessarem por esse tipo de cliente”, continua.
Campos acrescenta que a ideia é sempre expandir o produto para todos os pequenos empresários, uma vez que pode ser adquirido de maneira fácil, com alta qualidade e baixo custo.
Faria explica ainda que o público alvo do novo produto conta com prestadores de serviço e profissionais autônomos, como vendedores de produtos cosméticos, manicures, encanadores, eletricistas. “São pessoas que possuem um tíquete menor, que estão acostumadas a lidar com pouco dinheiro no mês”, afirma. Além disso, até mesmo para quem já possui conta em banco a alternativa também é vantajosa, principalmente, para evitar o problema de confusão patrimonial, conflito que acontece quando o patrimônio pessoal se mistura com o de outras pessoas, geralmente familiares, ou com o da empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email