Prazo para novo Sisbov permanece

O secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Marcio Portocarrero, afirmou na última semana que o prazo final de migração do antigo para o novo Sisbov (Serviço Brasileiro de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos) não será prorrogado. “A migração, que pode ser feita até 31 de dezembro deste ano, já não será aceita dia 1º de janeiro de 2008, sob pena de comprometermos o sucesso do novo modelo”, afirmou Portocarrero.
Desde fevereiro deste ano, o Sisbov antigo convive com as normas do novo Sisbov, previstas na Instrução Normativa nº 017. “A partir daí, quem não migrou para o novo sistema vai perder todo o trabalho realizado, inclusive a brincagem do gado, e terá de reiniciar todo o processo”, advertiu o secretário.
Por isso, ele recomenda aos pecuaristas que aproveitem a 2ª etapa de vacinação contra a aftosa –prevista para os meses de setembro, outubro e novembro– para credenciar as propriedades junto a uma certificadora e identificar todos os animais, já que eles vão passar pelo brete para receber a vacina.
Portocarrero lembrou que o foco principal do novo Sisbov é a propriedade rural. É ela que será certificada e ficará responsável pela identificação de todos os animais nela existentes, do nascimento ao abate. Além disso, serão exigidos registros do manejo sanitário e zootécnico dos animais (bovinos e bubalinos) e realização de pelo menos duas auditorias por ano nas propriedades aprovadas. Essa auditoria ficará a cargo de certificadora credenciada pelo Mapa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email