Prazo para dívidas é prorrogado pelo CMN

O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou, na sexta-feira, a ampliação do prazo para a prorrogação das dívidas agrícolas relativas às safras 2003/2004, 2004/2005 e 2005/2006.

Segundo a decisão do conselho, o produtor rural poderá solicitar a prorrogação das dívidas de custeio até o dia 30 de novembro e das dívidas de investimento até o dia 17 de dezembro. Os prazos anteriores eram de 28 de setembro e 15 de novembro respectivamente.

Para o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Edilson Guimarães, a aprovação do voto agrícola que amplia o prazo para o pedido da prorrogação dará melhor condição para o produtor negociar sua dívida.

“Já que houve atraso nas normas de operacionalização, a medida torna-se importante para dar mais tempo ao produtor”, complementou o secretário do Mapa.
Também foram submetidos ao Conselho Monetário Nacional e aprovados na reunião de sexta-feira, o voto agrícola –em que o governo abre a possibilidade de que cooperativas de crédito operem o crédito rural– e o voto de ajustes no seguro rural, que permite financiar o prêmio do seguro sem contar o limite de crédito.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email