25 de junho de 2022

Práticas sustentáveis na tecnologia da informação reduzem os custos

Seja qual for a área de atuação, a preocupação com o meio ambiente está cada vez mais presente em empresas de todo o mundo

Seja qual for a área de atuação, a preocupação com o meio ambiente está cada vez mais presente em empresas de todo o mundo. Com a adoção de políticas de sustentabilidade, a intenção é promover a conscientização e mudança de comportamento no cotidiano das companhias em todas as etapas do processo de trabalho. Com redução de gastos e oferta de alternativas interessantes aos clientes, o setor de tecnologia da informação tem grande potencial.
Jovem e inovadora, a Stone Age tech, especializada em soluções para gestão de bancos de dados corporativos, oferece soluções amigáveis ao meio ambiente. Com metodologia própria e tecnologia de ponta, a empresa conseguiu reduzir a necessidade de grandes computadores para a análise de bases de dados. Essa é uma das principais aplicações da TI Verde Stone Age, um conjunto de práticas que buscam tornar mais sustentável e menos prejudicial o uso da computação, reduzindo principalmente o desperdício e aumentando a eficiência dos processos.
Além de reduzir em 90% o custo dos projetos, as máquinas de menor porte promovem diminuição no consumo energético e demandam menor refrigeração, principal problema gerado pelos tradicionais servidores – vilões da TI verde. “Temos ainda outros projetos de sustentabilidade, como o aprimoramento do atendimento remoto aos clientes para reduzir a emissão de carbono em deslocamentos”, disse o diretor de pesquisa e desenvolvimento da Stone Age, Thoran Rodrigues.
O executivo ressalta a importância do mercado de tecnologia ter consciência ambiental ao desenvolver produtos, afinal, diariamente são produzidos 130 milhões de computadores pessoais, número que só tende a crescer. “Na produção de um computador pessoal, além da utilização de substâncias tóxicas, são consumidos até 150 litros de água por máquina durante o processo. Também estão somados a quantidade de energia utilizada na fabricação e o gasto energético diário de cada computador”, exemplificou Thoran.
Ele acrescentou que no exterior já é possível notar um aumento da participação governamental neste setor. “Um exemplo é a fornecedora de energia da Califórnia (EUA), onde está localizada grande parte das empresas de informática do país, que oferece restituição de US$ 1 mil em contas de luz para empresas que priorizam a compra de servidores eficientes”, completou.
A Stone Age também adota medidas simples e efetivas de comportamento, como a digitalização de comunicados internos e relatórios, o uso de garrafas pessoais de água para reduzir a utilização de copos descartáveis, consumo de papel reciclado, além do controle com gastos de energia. E por estar localizada na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e ter de conviver com altas temperaturas, os funcionários têm a opção de utilizar roupas casuais, já que o traje formal só contribuiria para aumentar o uso do ar condicionado. São iniciativas que, além de ajudar o planeta, reduzem custos e buscam influenciar os colaboradores a estenderem a mudança de comportamento para fora da empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email