14 de abril de 2021

Positivo Informática consolida receita de R$ 1,4 bi

receita bruta totalizou R$ 1,4 bilhão de janeiro a setembro de 2007, sendo o segmento de hardware responsável por 97,2% desse valor

Neste ano, a Positivo Informática já vendeu 106,1 mil PCs a mais do que em todo o ano passado. No acumulado do ano, as vendas de notebooks se destacaram, respondendo por 133,1 mil unidades, um crescimento de 505% em relação aos três primeiros trimestres de 2006. A receita bruta totalizou R$ 1,4 bilhão de janeiro a setembro de 2007, sendo o segmento de hardware responsável por 97,2% desse valor.

O terceiro trimestre de 2007 registrou 309,1 mil computadores vendidos, aumento de 80,4% em relação ao mesmo período de 2006. A forte expansão dos notebooks fez com que esse produto representasse 17,0% das vendas de PCs e 23,9% da receita bruta de Hardware no período. No terceiro trimestre do ano passado, notebooks representaram 7,2% das unidades vendidas.

O Ebitda ajustado do terceiro trimestre foi 95,1% superior ao do mesmo período do ano passado, totalizando R$ 62,7 milhões. A margem Ebitda ajustada foi de 16,2%, com aumento de 3,4 p.p. em relação ao terceiro trimestre do ano passado. O lucro líquido ajustado totalizou R$ 58,7 milhões entre julho e setembro de 2007, apresentando aumento de 92,5% em relação à igual período de 2006.

Canal de varejo

O expressivo crescimento das vendas da Positivo Informática é decorrente do bom posicionamento e forte atuação junto ao canal de varejo, que responde por 89,4% das vendas da companhia no terceiro trimestre deste ano. Este canal tem sido o principal financiador das classes de renda mais baixas, que têm conseguido comprar seu primeiro PC.

O preço médio do computador caiu 49,1% desde o início de 2004. A empresa investe continuamente no fortalecimento de sua marca nesse canal, seja através da concepção de produtos de qualidade que atendam às necessidades e desejos do consumidor brasileiro, ou através de ações de trade marketing junto aos 6.500 pontos de vendas do varejo, onde os computadores Positivo estão presentes.

Outro destaque é o fortalecimento da Positivo Informática em Estados em que a penetração de PCs está entre as mais baixas do país, como os das regiões Norte e Nordeste, onde a marca Positivo já está presente em 80% de seus maiores varejistas. A penetração de PCs é cerca de 9% nessas regiões, aproximadamente um terço da penetração das regiões Sul e Sudeste.

Resultadose expansão

A forte presença no varejo e uma dinâmica estratégia de marketing estão consolidando a Positivo Informática como a principal marca de fabricantes de computador no Brasil: pelo segundo ano consecutivo, a marca Positivo foi eleita a mais reconhecida entre os consumidores pela pesquisa Top of Mind da Folha de S.Paulo de 2007, ficando 150% acima da segunda fabricante de PCs do ranking em número de citações.

Em uma nova iniciativa, a empresa anunciou no mês passado a constituição da Positivo Informática da Amazônia Ltda., com o objetivo de cuidar da produção de conversores para TV Digital (set-top boxes) e de PCs em Manaus. A empresa também anunciou que iniciará a montagem de placas-mãe e monitores nas cidades de Curitiba e Ilhéus, respectivamente.

Queda no preço

O preço médio do computador caiu 49,1% desde o início de 2004. A empresa investe continuamente no fortalecimento de sua marca nesse canal, seja através da concepção de produtos de qualidade que atendam às necessidades e desejos do consumidor brasileiro, ou através de ações de trade marketing junto aos 6.500 pontos de vendas do varejo, onde os computadores Positivo estão presentes.

Outro destaque é o fortalecimento da Positivo Informática em Estados em que a penetração de PCs está entre as mais baixas do país, como os das regiões Norte e Nordeste, onde a marca Positivo já está presente em 80% de seus maiores varejistas. A penetração de PCs é cerca de 9% nessas regiões, aproximadamente um terço da penetração das regiões Sul e Sudeste.

Em uma nova iniciativa, a empresa anunciou no mês passado a constituição da Positivo Informática da Amazônia Ltda., com o objetivo de cuidar da produção de conversor

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email