Positivo cresce, mas fecha ano com prejuízo

A brasileira Positivo Informática registrou prejuízo líquido de R$ 25,059 milhões no ­quarto trimestre do ano passado, ­revertendo o lucro de R$ 72,311 milhões apurado em igual ­intervalo de 2007.
No período entre outubro e dezembro de 2008, a receita líquida ajustada da companhia totalizou R$ 514,440 milhões, o que representa uma queda de 4,6% ante a registrada em igual período do ano anterior. Nos três últimos meses de 2008, o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ficou em R$ 24,580 milhões, equivalente a uma queda de 67,8%, na mesma base de comparação.
A companhia atribuiu o prejuízo à escassez do crédito e diminuição da confiança do consumidor causada pela ameaça de desemprego diante da crise econômica.
No acumulado de todo o ano passado, a empresa registrou lucro líquido de R$ 147,1 milhões, o equivalente a um recuo de 42,3% ante o lucro de R$ 254,766 milhões registrado em 2007. A receita líquida anual cresceu 12,7%, para R$ 1,938 bilhão, e o Ebitda caiu 25,6% na mesma comparação, para R$ 196,61 milhões.
O balanço divulgado na sexta-feira, 20, apontou a marca de 1,6 milhão de computadores vendidos no ano passado, um crescimento de 15,5% sobre 2007, fazendo com que a empresa registrasse recorde de vendas e faturamento em 2008, apesar das perdas no quarto trimestre do ano passado.
Desde o fim do ano passado, a Positivo Informática vêm sendo alvo de rumores de venda para a chinesa Lenovo e a norte-americana Dell.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email