A busca desenfreada de novos clientes para aumentar o lucro nas organizações faz com que haja um esquecimento de manter os já existentes. Assim, as necessidades de nossos clientes vão aparecendo e não percebemos, trazendo um início de insatisfação que pode desencadear na perda do mesmo. É necessário mais planejamento no atendimento aos clientes em todos os sentidos, tanto no estratégico, quanto no tático e principalmente no operacional. As lideranças, quase sempre, somente percebem todo o desgaste quando perdem o cliente e precisam reconquistá-los a “peso de ouro” abrindo concessões que reduzem significativamente a rentabilidade. A pós venda bem elaborado é o diferencial no mercado contra a concorrência e inclusive pode ser até a criação de novas vendas.

Torna-se necessário a manutenção dos clientes já existentes e isto deve ser feito através de um excelente atendimento após as vendas. Esta estratégia evita gastos desnecessários para reconquistar, focando sempre na busca de novos e mantendo-os em nossa base de modo estruturado buscando sempre a eficiência e eficácia encantando, cada vez mais, os nossos clientes. Entender a necessidade deles é fundamental e é matéria prima para construirmos um relacionamento saudável com grande parceria e encontrando como resultado uma rentabilidade satisfatória.

Planejamento equivocado

Podemos observar várias situações ocorrendo no interior de uma organização que faz o pós venda ser negligenciado. A falta ou mesmo o planejamento equivocado não contempla o plano estratégico, tático e operacional do modo que deveria e assim problemas serão criados. Torna-se necessário observar os planos de modo técnico e com fundamentos econômicos visando à rentabilidade da organização. Quando os planos são mal elaborados teremos dificuldades de operacionalizá-los e como conseqüência teremos clientes insatisfeitos com nossos serviços ou produtos. O despreparo dos profissionais responsáveis pelos gerenciamentos colabora significativamente para ficar mais nebuloso ainda o clima desfavorável que criamos. Precisamos trabalhar a humildade e eliminarmos a arrogância de nossos lideres e administradores a fim de que percebam que são com os clientes primeiramente que necessitamos nos preocupar e somente após, devemos nos preocupar com nosso superior. A questão aqui é de prioridade e devemos saber priorizar mesmo em momentos de grande pressão.

Certamente a venda é importante, todavia, a pós venda bem feito conquista o cliente. Portanto, nosso desafio não é somente vender, precisamos assessorar, encantar e suprir as necessidades de nossos clientes e parceiros no intuito de podermos contar sempre com ele e com seu consumo, e isto somente acontece se estes se encontram sempre satisfeitos. Precisamos de grandes lideres para este trabalho, pois este é um momento crucial na manutenção e no crescimento de nossas bases. Sabemos das dificuldades, que por sinal, são várias. Devemos criar planos, objetivos e metas reais e bem elaboradas, pois assim poderemos perceber de modo muito claro que a probabilidade de dar certo é gigantesca. Deste modo, conseguiremos trabalhar o despreparo, a arrogância e a falta de humildade de muitos, no intuito de todos conseguirem atingir o objetivo principal que é trazer lucratividade para as organizações deixando extremamente satisfeitos todos nossos clientes, pois, uma comunicação clara, com competência e buscando a efetividade nos processos trabalha o pós venda que passa a ser uma realidade, eliminando as necessidades de reconquistas e assim sempre estaremos comemorando novas conquistas de clientes que estarão migrando para nossa empresa proveniente de nossos concorrentes que não fizeram o “trabalho de casa”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email