Porto de Galinhas, muito mais que um paraíso

Um cenário paradisíaco, onde o mar se transforma em piscinas de águas cristalinas e mornas, a uma temperatura média de 26º C. De tão completo, Porto de Galinhas – localizado ao litoral sul de Pernambuco, no município de Ipojuca, e a 65 km do Aeroporto Internacional de Recife/Jaboatão dos Guararapes -é o destino de viagem número um de casais apaixonados e de famílias. Do total de visitantes, 79% vão com os familiares e 93,69% escolhem o balneário em busca de sol e mar. No ano passado, a região recebeu 720 mil turistas, segundo a Associação dos Hoteis de Porto de Galinhas.
Segundo pesquisa da Secretaria de Turismo do Estado de Pernambuco, realizada com 4.001 visitantes em 2012, 98,71% avaliaram como ótimos os atrativos naturais e a satisfação foi tão grande que 89,78% disseram que pretendem voltar. E não é à toa. A região também é rica em experiências gastronômicas, esportivas, ecológicas e culturais e tem uma infraestrutura hoteleira de primeira qualidade, com 13 mil leitos distribuídos em hotéis, pousadas e resorts. A hospitalidade foi avaliada como ótima por 93,56% dos turistas que visitaram a região.
Eleita várias vezes a melhor praia do País, Porto de Galinhas também é o quinto destino mais procurado do Brasil para o turismo de lazer. Tanto que se tornou uma região mais famosa do que o nome do próprio município onde está situada – Ipojuca, que hoje responde pela terceira maior arrecadação do Estado de Pernambuco. Porto de Galinhas tem 18 quilômetros de areia branca e batida, com coqueirais e praias perfeitas para todos os gostos, para quem quer relaxar, namorar, mergulhar ou praticar esportes náuticos.
Essa vocação para o turismo faz parte da história de Porto de Galinhas desde o século 19, quando a região de belas praias tinha um porto pesqueiro e se tornou a estação de veraneio dos senhores de engenho. A partir da década de 60 foi descoberta pela classe média e passou a ser um dos balneários mais conhecidos do País. Desde a fundação da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG), em 1992, a região continua em grande desenvolvimento e hoje é o principal polo turístico de lazer de Pernambuco.
Embora a galinha tenha virado um ícone local nas ruas e lojas de artesanato, Porto de Galinhas não recebeu esse nome pela atividade de criação, tampouco pelo comércio das aves vivas. A história remonta ao ano de 1850, quando a lei então em vigor proibia o comércio de escravos no Brasil.
O desembarque clandestino na região era comum no século 19. Para combater a prática proibida, foi construído o Forte da Gameleira, do qual ainda restam ruínas em frente ao posto salva-vidas de Porto de Galinhas. Os navios atracavam com os porões cheios de escravos e uma forma de burlar a fiscalização era cobri-los com engradados de galinhas D’Angola, que também era ingrediente nobre da comida preferida da Corte.
A senha secreta da tripulação para os traficantes de escravos era “tem galinha nova no porto”, que significava que uma nova remessa deles havia chegado da África. E daí surgiu o nome Porto de Galinhas.
Para visitar praias desertas ou descoladas e, ao mesmo tempo, sentir a brisa bater no rosto, pegue um buge. Para sentir a emoção de ver peixes e outros crustáceos em seu hábitat natural, navegue em uma jangada pelas piscinas naturais. Se quiser um sentimento mais sublime, vá até uma árvore centenária e ouça histórias dos tempos da descoberta do Brasil. Mais aventura e adrenalina? Escolha o surfe, o jet ski, o mergulho ou o caiaque.
Em Porto de Galinhas, um dos destinos de lazer mais procurados do Brasil, atração é o que não falta. Por isso, o tempo médio em que a maioria dos visitantes brasileiros e estrangeiros permanece na região não é inferior a sete dias. O cenário paradisíaco, com infraestrutura e serviços profissionalizados, permite atividades de ecoturismo, esporte e história para todos os perfis de visitantes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email