1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

O político mineiro José de Castro Ferreira, na velha e boa escola, quando candidato a prefeito de Juiz de Fora foi a um debate com seus principais oponentes, na TV Bandeirantes. Eram eles: Alberto Bejani, que se elegeu, e Murilo Hingel, que veio a ser ministro da Educação de Itamar. Diante das fortes acusações trocadas entre os dois, José de Castro mostrou suas credenciais de discípulo e amigo de José Aparecido de Oliveira. Na sua vez de falar, disse: “inicialmente queria cumprimentar os dois oponentes pelas acusações trocadas, uma vez que ambos têm razão”. Esta história, que entrou para o folclore da política mineira, torna-se bem atual na hipótese de um segundo turno entre Lula e Bolsonaro.

Parece claro que a sociedade brasileira acha que ambos têm razão quando um se refere ao outro. Por isso a percepção de que a chamada terceira via tem todas as condições de vencer, caso consiga ir ao segundo turno. O problema é chegar a um nome, e sensibilizar Ciro Gomes para a importância de sua adesão à candidatura de centro, pois ele, mais do que os demais, tem sido crítico dos dois. Pode não ser o aglutinador, até pelo temperamento que assusta, mas chega a ser brilhante em suas colocações, com verve e fundamentos. Tem faltado a Ciro Gomes o tempero mineiro, que o teria feito uma opção de centro, e ele equivocadamente se coloca como esquerda e fala mal da “ditadura”, embora tenha iniciado a sua vida pública como deputado estadual no PDS que sucedeu a Arena, partidos chefiados em Sobral por seu pai.

A situação do ex-presidente Lula tem se desgastado com esse espetáculo insólito de ter como vice um crítico tão severo como Geraldo Alckmin, com vídeos inquestionáveis na definição do ex-presidente.E pela insistência em exaltar MST e CUT, de um passado de fracassos em invasões e greves . O Brasil pede paz e trabalho neste momento.

     O presidente Bolsonaro não abre mão de brigar com a sombra, no seu estilo inadequado ao cargo, anulando os méritos de seu governo que são inquestionáveis sob

vários aspectos.

Ao se chegar a um nome, em cuja lista deveria ser acrescido o da ministra Tereza Cristina, a possibilidade da terceira via é uma realidade a ser considerada. Os analistas de pesquisas identificam que a metade dos que preferem Lula ou Bolsonaro o faz por votar contra o outro. Talvez por não ter ainda alternativa aos dois para votar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email