16 de abril de 2021

Poeta Thiago de Mello recebe homenagem na CMM

O poeta amazonense Thiago de Mello, que completou 95 anos, foi homenageado em sessão solene na Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta terça-feira, 30/3. A celebração encerra o mês de atividades promovidas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), em homenagem ao escritor. Thiago de Mello é um dos principais nomes da literatura brasileira da atualidade.

“Parabenizo mais uma vez Thiago de Mello, que representa a vida, a esperança e a construção de um mundo melhor para se viver. Há alguns meses, o professor Tenório Telles sugeriu essa homenagem e o prefeito David Almeida, com toda sua sensibilidade, por meio da Prefeitura de Manaus, nos brindou com um mês todo dedicado ao nosso poeta”, destacou o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira.

A sessão solene, proposta pelo vereador Marcelo Serafim, reuniu autoridades, amigos e familiares de Thiago de Mello. Além de Alonso Oliveira, o evento contou com a presença do presidente do Concultura, Tenório Telles, o vice-presidente Neilo Batista, o diretor de Cultura da Manauscult, Jonathas Ribeiro, o poeta Elpídio Nunes e o vereador Maninho – ambos de Barreirinha, cidade natal do homenageado – e os vereadores da CMM. A companheira do homenageado, Pollyana Furtado, e a filha, Isabella Thiago de Mello, também estiveram presentes.  A artista Rosa dos Anjos presenteou a família com uma obra em acrílico sobre tela, representando Thiago de Mello.

Amigo de Thiago de Mello há 30 anos, o professor e poeta Tenório Telles se emocionou ao prestar suas homenagens, lendo trechos importantes de obras consagradas do escritor. Segundo o presidente do Concultura, Thiago é uma das principais referências de sua formação e toda sua obra continua viva, pois continua falando de liberdade, justiça, esperança e comprometimento com o ser humano.

“A obra de Thiago de Mello tem relevância nacional e internacional pelo seu conteúdo de humanidade, de compromisso com a vida e com a liberdade. Evidentemente que os jovens que cresceram nos anos 70 e 80, neste país, foram muito influenciados pela poesia de Thiago, e eu despertei para a vida literária por influência das leituras que fazia do Thiago, com entusiasmo e paixão”, comentou Tenório.

Pollyana Furtado agradeceu pelas homenagens e falou sobre o amor descrito por seu companheiro em inúmeras obras nos dias de hoje. “O amor é fraterno e essa fraternidade, tão presente na obra do Thiago, é tão necessária nos dias que estamos vivendo. Eu agradeço todas as homenagens realizadas ao longo deste mês pela Prefeitura de Manaus”, afirmou a esposa do escritor.

Nascida no Chile, durante o exílio do poeta, Isabella Thiago de Mello se emocionou ao falar da vida e obra do seu pai e agradeceu todas as homenagens. Jornalista e pesquisadora, Isabella trabalha em um documentário inédito e vislumbra um próximo sobre o tombamento das casas de Thiago de Mello.

“Eu sou a filha do exílio. Fui gerada no Brasil, mas nasci no Chile. Estávamos sendo perseguidos aqui quando meus pais foram se refugiar no país onde ele já tinha trabalhado como adido cultural. Na nossa volta, meu pai me registrou em Manaus. Sou brasileira e amazonense. Isso é motivo de muito orgulho”, contou Isabella.

“Thiago é um ser da Amazônia e leva isso onde quer que ele vá, e isso é muito bonito dele. Não é porque sou filha dele não, porque temos que separar a filha da pesquisadora, mas, como cidadã brasileira, acho muito bonita a relação dele com a Amazônia. Ele traz sua terra e características brasileiras para suas obras”, complementou.

Poeta

Nascido em Barreirinha, Thiago de Mello conquistou reconhecimento nacional e internacional, tornando-se um dos mais expressivos poetas contemporâneos do país. É autor de livros reconhecidos mundialmente, como “Faz escuro, mas eu canto”, “Silêncio e palavra”, “Manaus, amor e memória”, entre outros. Além de escritor, exerceu o jornalismo e serviu no Itamaraty como adido cultural no Chile, onde cultivou uma grande amizade com Pablo Neruda e Salvador Allende.

Em homenagem ao poeta amazonense Thiago de Mello, a Prefeitura de Manaus realizou, ao longo do mês, a exposição virtual “Thiago de Mello 95 anos de vida, poesia e amor por Manaus”, reunindo acervos pessoais e públicos do poeta, com fotos, entrevistas e vídeos. O conteúdo está disponível no portal Vida e Cultura, pelo link vidaecultura.manaus.am.gov.br. Além disso, peças publicitárias saudaram o escritor nas redes sociais e em ruas da cidade durante o mês de março.

Já no Museu da Cidade de Manaus, localizado no centro histórico, o poeta possui uma exposição permanente em sua homenagem. No momento, o espaço segue fechado ao público por conta da pandemia da Covid-19.

Foto/Destaque: Altemar Alcântara / Semcom

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email