PIM tem queda no faturamento em abril

Apesar da retomada gradual dos índices de crescimento no primeiro trimestre, o PIM registrou leve recuo de 2,35% no faturamento de abril, que somou US$ 1.70 bilhão, em relação ao registrado em março, cujo montante foi de US$ 1.74 bilhão

Apesar da retomada gradual dos índices de crescimento no primeiro trimestre, o PIM (Polo Industrial de Manaus) registrou leve recuo de 2,35% no faturamento de abril, que somou US$ 1.70 bilhão, em relação ao registrado em março, cujo montante foi de US$ 1.74 bilhão.
Os dados constam nos Indicadores de Desempenho do PIM divulgados na última sexta-feira pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus).
As estatísticas do parque fabril local indicam que as vendas ao comércio exterior totalizaram US$ 52.05 milhões em abril, uma retração de 30,56% em relação ao mês imediatamente anterior, quando as exportações atingiram US$ 74.97 milhões.

Postos de trabalho

Quanto à mão-de-obra, foram registrados em abril 86.377 postos de trabalho, com base em dados repassados por 389 empresas, do universo de 420 pesquisadas periodicamente.
Em março, o número de empregos foi 89.183 mil, contudo a quantidade de empresas informantes foi superior, totalizando 396 fábricas. O PIM conta atualmente com aproximadamente 550 empresas instaladas.
No acumulado do ano, o faturamento do PIM alcançou US$ 6.24 bilhões, resultado 35,39% inferior no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando o faturamento foi de US$ 9.6 bilhões.
Em reais, o faturamento foi de R$ 14.25 bilhões, uma variação negativa de 14,38% ante o mesmo período de 2008, quando o faturamento atingiu R$ 16.65 bilhões.
Dentre os principais segmentos, o subsetor de duas rodas foi o que apresentou melhor desempenho no comparativo entre os meses de abril e março.
O segmento registrou em abril faturamento de US$ 428.08 milhões e crescimento de 16,58% ante o mês de março.

Benefícios fiscais

Contribuíram decisivamente para o desempenho do subsetor de duas rodas as medidas de benefícios fiscais e desoneração da produção lançados conjuntamente pelos governos federal e estadual.
O segmento metalúrgico também obteve desempenho positivo e registrou faturamento em abril de US$ 148.89 milhões, resultado 13,02% superior ao de março (US$ 131.73 milhões).

Bebidas e beneficiamento de borracha apresentam elevação nos índices

Outros segmentos importantes apresentaram queda em abril em comparação com o mês de março: o eletroeletrônico registrou em abril faturamento de US$ 674.28 milhões e recuo de 9,95%; o químico, faturamento de US$ 203.67 e redução de 8,89%; e o segmento termoplástico, faturamento de US$ 92.93 milhões e decréscimo de 11,78%.
No comparativo do quadrimestre, os subsetores que apresentaram aumento no faturamento foram os de beneficiamento de borracha (crescimento de 55,24%) e Bebidas (crescimento de 2,36%).
De acordo com a co­or­denadora-geral de Es­tudos Econômicos e Empresariais da autarquia, Ana Maria Souza, o faturamento do mês de abril reflete o quadro de recessão técnica –caracterizado por dois trimestres consecutivos de queda no PIB (Produto Interno Bruto) pelo qual passa o país.
Contudo, segundo a coordenadora da Suframa, a expectativa é que a economia brasileira retome o crescimento no segundo semestre e, em conse­quência, o Polo Industrial de Manaus volte a registrar números positivos.
Os dados dos Indicadores de Desempenho do PIM apontam que alguns produtos obtiveram destaque no primeiro quadrimestre, entre os quais televisor de LCD (tela de cristal líquido), com produção de 849.602 unidades no pe­ríodo e crescimento acumulado de 50,55% em relação a igual período do ano passado, e televisor de plasma, com produção de 97.730 unidades e crescimento de 14,25% em relação a igual período de 2008.
Também merecem destaque as câmeras fotográficas digitais (crescimento de 49,03%), unidade evaporadora para split system (crescimento de 75,26%), home theater (crescimento de 10,35%), compact disc (crescimento de 12,56%) e forno microondas (crescimento de 27,61%).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email