PIM – Indústria tem o melhor novembro da série estórica

Com ganhos da ordem de US$ de 3,94 bilhões, novembro foi o melhor mês para o PIM em 2011, em termos de faturamento, até o momento, superando a marca alcançada em agosto, de US$ 3,91 bilhões, segundo os indicadores mais recentes divulgados ontem pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus). A cifra representa, ainda, o melhor resultado para o mês desde o início da série histórica dos indicadores, em 2006.
O crescimento do penúltimo mês do ano passado foi de 7,11% em relação a outubro de 2011 (US$ 3,68 bilhões) e de 1,72% na comparação com novembro de 2010 (US$ 3,87 bilhões). Já o montante acumulado entre janeiro e novembro somou US$ 38,19 bilhões contra os US$ 32,38 bilhões referentes à igual período de 2010, acréscimo de 17,91%.
“A crise na Europa fez com que muitos empresários do mundo inteiro entrassem em ‘stand by’ para aguardar uma melhoria da situação econômica global. O período entre o final de outubro e o início de novembro representou se não o fim, ao menos uma trégua na turbulência e permitiu, também em função da produção para o fim de ano, um maior investimento dos compradores e um consequente aumento dos pedidos para as indústrias, o que explica o desempenho de novembro, melhor até que o mês de outubro”, detalhou o vice-presidente da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas) e presidente do Sinmen (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Manaus), Athaydes Mariano Felix.
Mesmo sem os números de dezembro, o dirigente garante que o faturamento será bem menor na comparação com novembro. “No último mês do ano, a maior parte dos pedidos já foi entregue e, além disso, muitas empresas concedem férias coletivas aos funcionários”, justificou.
Já a geração de empregos finalizou novembro com 123.387 trabalhadores empregados entre efetivos, temporários e terceirizados, 10,09% a mais no confronto com mesmo mês de 2010.
Só de mão de obra efetivada, foram 114.617 mil vagas preenchidas. O resultado foi inferior na comparação com outubro, quando 116.689 pessoas estavam empregadas. O presidente do Sindmetal (Sindicato dos metalúrgicos do Amazonas), Valdemir Santana, explicou que a diferença se deve à demissão de quase 2 mil funcionários do polo eletroeletrônico em novembro de diversas empresas do parque fabril de Manaus.
Já na comparação com novembro de 2010 (98.194 mil trabalhadores), o número de efetivados cresceu 16,7%. Ao contrário, o total de temporários, que em novembro foi de 4.800 empregados, se manteve em relação a outubro (4.751), mas caiu praticamente pela metade frente ao mesmo período de 2010, quando haviam 8.949 trabalhadores temporários no PIM.
“De 2010 para 2011, o número de temporários caiu em igual proporção ao aumento de efetivos, o que é positivo já que foi feito um trabalho de fiscalização o ano inteiro para que as empresas contratem mais e regularize a situação daqueles que ainda faltam”, afirmou Athaydes Félix.
Com 3.970 contratados, os terceirizados também registraram queda de 10,5% em relação a outubro e de 10,07% em relação a novembro do ano anterior. Athaydes explica que os terceirizados também estão diminuindo em função de fiscalizações realizadas por órgãos responsáveis. “Existem tarefas que não podem ser terceirizadas para que a empresa continue a ter direito aos incentivos da Suframa”, esclareceu.

Em destaque

A produção de 1,148 milhão de motocicletas foi o principal destaque, gerando faturamento de US$ 6,5 bilhões para o setor até novembro, 18,165 a mais do que em igual intervalo de 2010. Em seguida, vieram os televisores com tela LCD, faturando US$ 6,27 bilhões com 10,15 milhões de unidades produzidas.
A fabricação de 22,502 milhões de aparelhos deu aos telefones celulares o terceiro lugar com faturamento de US$ 1,94 bilhão, impulsionado de acordo com a Suframa, pela produção de smartphones.
Outro bom desempenho foi registrado pelo setor de telejogos que faturou no acumulado do ano US$ 65,42 milhões. Apesar da representatividade ainda tímida, o segmento que já fabricou 367,21 mil unidades contra as 256,87 mil de 2010, cresceu 67,76% em um ano. Só com o início da produção do videogame Xbox em setembro, o crescimento chegou a mais de 100% em relação ao mesmo período de 2010.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email