Pilotos tentaram usar a grama para frear o avião

O comandante responsável pelo equipamento do modelo A320 da TAM, Alex Frischmann, disse que os pilotos do vôo 3054, acidentado no último dia 17, tentaram desviar para esquerda depois do pouso no aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo). Segundo ele, o esforço dos pilotos teria sido para realizar o pouso em uma “ilha de grama” localizada na lateral da pista. “Foi o mesmo local onde parou um avião da empresa BRA, em 2006”, afirmou Frischmann durante depoimento à CPI do Apagão na Câmara.
“Acredito que ele (o piloto do Airbus-A320) tenha comandado ir para a esquerda, para ir para a ilha de grama. O piloto e o co-piloto queriam fazer alguma coisa para parar o avião, isso é fato”, disse.

Segundo o comandante, os pilotos do Airbus-A320 da TAM tentaram parar a aeronave depois de constatarem que o processo de frenagem não estava sendo realizado da forma ideal. Disse que não se deve descartar a possibilidade de “falha humana” como uma das possíveis causas do acidente com o vôo 3054.
Frischmann disse que a avaliação é complexa sobre a possível decisão dos pilotos de frear em vez de tentar arremeter a aeronave.
De acordo com o comandante, em situações que envolvem esse tipo de dúvida há um “curto espaço de tempo” para definir o que fazer.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email