PIB dos países da OCDE no 1º trimestre tem maior queda

O PIB (Produto Interno Bruto) dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desen-volvimento Econômico) caiu 2,1% no primeiro trimestre do ano, o maior retrocesso registrado desde 1960.
De acordo com os dados preliminares publicados na segunda-feira pela organização, esta queda ocorre logo após a queda de 2% correspondente ao trimestre anterior. Portanto, os países que compõem o grupo – formado por 32 países desenvolvidos – entram em recessão técnica.
Em comparação ao mesmo período de 2008, o PIB da OCDE caiu 4,2% no primeiro trimestre de 2009.
Se contado apenas os sete maiores países-membros da OCDE (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido), a queda foi ainda maior no trimestre, com recuo de 2,2%.
Destes, apenas a França -com uma queda de 1,2% ante uma queda de 1,5% no quarto trimestre- apresentou “uma atenuação no nível de contração do PIB no primeiro trimestre’’, apontou o comunicado da OCDE. Entre esses países, o recuo foi especialmente no Japão (-4%) e na Alemanha (-3,8%). Nos Estados Unidos a queda foi de 1,6%, na Itália de 2,4% e no Reino Unido de 1,9%, segundo o comunicado.
Na variação em relação ao mesmo trimestre do ano passado, o PIB dos sete maiores países caiu 4,4%, com destaques para Japão (-9,1%) e Alemanha (-6,9%).
Fora deste grupo, teve destaque a queda do PIB do México (-5,9%). No conjunto da UE (União Europeia), informou a nota, o PIB se contraiu em 2,5% no primeiro trimestre do ano ante o quarto trimestre.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email