Peugeot Citroën chega a 3 milhões de furgões

A PSA Peugeot Citroën ultrapassou a marca de 3 milhões de unidades produzidas do Citroën Berlingo e do Peugeot Partner desde o lançamento mundial dos modelos em julho de 1996.

Estes pequenos furgões, em versões de carga e de passageiros, são comercializados em mais de cem países, incluindo o Brasil e a Argentina, e apresentam desde o lançamento um sucesso contínuo, contribuindo fortemente para tornar o Grupo PSA Peugeot Citroën líder do mercado europeu de VUL (veículos comerciais leves).

No Brasil, o Citroën Berlingo e o Peugeot Partner foram lançados, respectivamente, em 1998 e 1999. Pela sua versatilidade, quatro unidades (duas de cada modelo) integram, inclusive, a frota da PSA Peugeot Citroën utilizada nos testes de estudos com biodiesel do Programa Biodiesel Brasil, do governo federal.

Produzidos nas fábricas da PSA Peugeot Citroën em Vigo (Espanha), em Mangualde (Portugal) e em Buenos Aires (Argentina), os modelos são também montados na Turquia e no Marrocos.

Com o Citroën Berlingo e o Peugeot Partner, o grupo ajudou a criar um novo segmento, o dos “ludospaces”, do qual é líder na Europa com 46% de participação de mercado em 2006. Com cerca de 350 mil unidades comercializadas em 2006, o Berlingo e o Partner conhecem, em um caso único, um crescimento regular de vendas desde o lançamento, apesar da forte concorrência neste segmento. Nos seis primeiros meses de 2007, as vendas se mantiveram em crescimento, mais de 2,5%, 11 anos após o lançamento dos modelos.

Liderança do segmento

O Berlingo e o Partner figuram assim, desde 1997, também na liderança do segmento de pequenos furgões na Europa. Neste segmento, em 2006, registraram uma participação de 29,3%.

Estes veículos, inovadores desde a sua criação, são considerados uma referência pelo conforto e pelas dimensões reduzidas, mas com amplo espaço útil, e estabeleceram um novo padrão em matéria de pequenos veículos comerciais.

Comerciais leves

Dentro do programa CAP 2010, colocado em prático a partir do início do ano, o grupo fixou como objetivo reforçar sua posição de primeiro fabricante europeu de veículos comerciais leves. Em 2006, a empresa obteve uma participação de mercado de 18,8%. Nos seis primeiros meses de 2007, as vendas mundiais de veículos comerciais leves da PSA Peugeot Citroën cresceram 7,7%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email