6 de março de 2021

Pets: Não relaxe. Saúde bucal é essencial para a prevenção de várias doenças

Assim como os humanos, os animais também precisam de cuidados com a saúde bucal. Ao contrário de nós, eles dependem de seus proprietários para manter seus dentes devidamente escovados e as bocas limpas. E, assim, evitar o aparecimento de possíveis doenças periodentais que afetam os pets. Elas são inúmeras e existe hoje tratamento para a grande maioria desde que a intervenção odontológica ocorra logo cedo. Mas o ideal é investir mesmo na prevenção dos problemas.

 Como começar desde cedo a escovação dos dentes dos bichinhos com um creme dental especial – sim, os que não têm flúor em sua composição e são só indicados para os pets. Já adulto, um animal resiste a qualquer manipulação em sua área dental que lhe cause qualquer desconforto. Como é um trabalho difícil nessas condições, grande parte dos seus tutores acabam mesmo desistindo e pagam caro por isso. Um tratamento dentário custa caro.

Hoje, a odontologia veterinária é um importante ramo de atuação e cada vez mais profissionais aparecem no mercado com o aumento da demanda por esse tipo de serviço mais especializado. Então, quanto mais prematura a busca por um dentista veterinário, menos dispendioso sairá para seus donos por eventuais patologias que possam surgir nos dentes.

Cães e gatos sofrem muito com dor de dente e, como não falam, apenas vocalizam ou manifestam comportamentos de que algo não está muito bem com a dentição deles ou devido a outro problema. Não podem dizer ‘estou com uma dor de dente ferrada’. E ainda, não é nada agradável um animal ter halitose (o famoso bafo, mau hálito), mesmo que ele esteja muito limpo e higienizado. Então, por que também não cuidar regularmente da sua saúde bucal?

O insight é ficar sempre de olho neles. Não só nas doenças mais comuns que afetam os animais. Porque muitas vezes a causa pode estar lá num dente fraturado ou careado que pode causar infecções secundárias na boca e na parte gastrintestinal.

Muitos pets chegam aos consultórios manifestando inquietação, choramingando e seus donos ficam desesperados. “Dr., eles comem a melhor ração, estão com as vacinas em dia, tomam os banhos regularmente e, mesmo assim, não estão bem. Levam uma vida de lorde, afinal. Então, qual o problema?”. Esta é a principal queixa manifestada pelos proprietários. E, na maioria das vezes, a causa dos problemas está nos dentes devido aos maus cuidados.

Hoje, grande parte dos cães e gatos acima dos dois anos de idade apresenta problemas orais em função do acúmulo de placa bacteriana e formação de cálculos dentários. Os pets não são vistos apenas como animais domésticos. Eles tornaram-se também membros da família. Então, seus donos desejam que seus companheiros tenham vida longa. Assim, a saúde oral contribui de forma significativa para alcançar essa longevidade.

POR DENTRO

Cuidados:

. Escovar os dentes pelo menos duas vezes por semana

. Controlar os tártaros

. Dar alimentos somente adequados, específicos, aos pets

. Nada de guloseimas, ricas em açúcar e carboidratos

. Ida periódica ao veterinário

. Exames periódicos

DICA ANIMAL

‘Ele esqueceu de dar o reforço nas minhas vacinas’

Não vacile. As vacinas devem receber um reforço a cada ano – as virais, a antirrábica e até a contra a giárdia. Seu pet deve estar imunizado contra doenças costumeiras que causam muito sofrimento aos bichinhos e cujo tratamento pode sair muito caro.

Nada mais agradável que ver um cão ou gato saudável. E isso vale para todo tipo de animal. Cuide sempre muito bem do seu melhor amigo peludo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email