Petróleo sustenta patamar de US$ 129, alta de 1,95%

O preço do petróleo cravou novo recorde na terça-feira, chegando à marca de US$ 129 na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York).

O preço do petróleo cravou novo recorde na terça-feira, chegando à marca de US$ 129 na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York). No início da tarde, a cotação sustentava o patamar, pressionada pela desvalorização do dólar, que continua na raiz da alta do preço da commodity, e o temor acerca do descompasso entre oferta e demanda.
Às 12h35 (em Brasília), o barril para entrega em junho (cujos contratos expiram, outro motivo da alta) estava cotado a US$ 129, alta de 1,95%. O barril para entrega em julho (próximo contrato de referência) estava cotado no mesmo horário a US$ 128,90, alta de US$ 2,18. O valor máximo atingido na terça-feira pelo contrato de julho até o horário foi US$ 129,31.
O petróleo Brent, referencial na Europa, também bateu na terça-feira um novo recorde no mercado de futuros de Londres, ao atingir a cotação de US$ 127,89 por barril.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email