Petista quer manutenção em todos abrigos

O líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Waldemir José, ingressou sexta-feira (26), com representação no Ministério Público Estadual (MPE), para que seja investigada as causas do precário estado de conservação dos abrigos construídos nas paradas de ônibus da cidade.
Apesar do elevado custo pago pela população desde 2011 – R$ 0,05 por passagem – para manutenção e modernização do sistema de transporte público, Waldemir José disse que o povo não tem qualquer contrapartida.
Para ele, a manutenção em apenas 13 plataformas anunciada pelo prefeito Arthur Neto (PSDB) é insuficiente. Hoje, conforme ressaltou, a contribuição tirada do bolso do usuário do sistema representa R$ 27 milhões, suficientes para reformar todas as plataformas.
“A prefeitura, mais uma vez, está desperdiçando recursos públicos, tendo em vista que esse dinheiro arrecadado deveria ser destinado à modernização e manutenção do sistema convencional de transporte público da cidade”, disse.
Waldemir José fez questão de lembrar que, de acordo com o decreto nº 1283/11, que concedeu o aumento da tarifa em 2011, estabelece que, de cada passagem, R$ 0,05 arrecadado pelas empresas de transporte sejam encaminhados à Superintendência Municipal de Transporte Urbano (SMTU) que, por sua vez, destinaria ao Fundo Gestor de Modernização do Sistema de Transporte.
“Por que não foram realizadas reformas necessárias nas plataformas? Por quê a Administração Municipal não exigiu das concessionárias o repasse desse valor? Penso que tudo isso deve ser esclarecidos nessa investigação pelo Ministéiro Público”, pondera.
“A população de Manaus tem o direito de saber para onde estão sendo destinado todo e qualquer dinheiro público. Esse recurso pertence à cidade, portanto, é da conta de seus moradores saber o seu destino”, concluiu.
Subscreveram a representação os deputado estadual José Ricardo e Francisco Praciano, ambos do PT.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email