11 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Pesquisador do Inpa é indicado para o prêmio “Brasileiro Imortal”

A iniciativa visa valorizar a atuação de cidadãos que cuidam das riquezas naturais e ainda colaboram para o desenvolvimento das regiões do Brasil

O biológo, Adalberto Luis Val, coordenador do Leem/Inpa (Laboratório de Ecofisiologia e Evolução Molecular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), em Manaus, é um dos indicados para receber o prêmio Brasileiro Imortal, organizado pela mineradora Vale.
A iniciativa visa valorizar a atuação de cidadãos que cuidam das riquezas naturais e colaboram para o desenvolvimento das regiões do Brasil. O prêmio terá votação exclusivamente pela internet no site do Brasileiro Imortal. O internauta deverá votar, primeiramente, em um nome nacional e, depois, em pelo menos um candidato regional. A votação segue até o próximo dia 30 de agosto.
De acordo com a organização do prêmio, seis brasileiros serão eleitos e terão os nomes atribuídos a espécies botânicas da Mata Atlântica, descobertas nos últimos anos na reserva natural da Vale, em Linhares, no Espírito Santo: um na categorial nacional e cinco na categoria regional. Além de Adalberto Luis Val, representam a região Norte Dom Alcimar Caldas Magalhães, de Benjamin Constant (AM) e Zeneida Lima, da Ilha de Marajó (PA). Os vencedores terão os nomes imortalizados junto com a ilustração da espécie em um selo a ser lançado pelos Correios.

Peixes amazônicos

O indicado – Adalberto Val – estuda há quase 30 anos a respiração e as adaptações dos peixes amazônicos às modificações do meio ambiente. Tanto as causadas pelo homem quanto aquelas de origem natural.
O nome do pesquisador foi incluído, em 2000, na Inglaterra, na Legião de Honra da American Fisheries Society, Physiology Section por sua contribuição cientifica. Em 2002, recebeu a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico, além disso, em 2004, foi premiado com o “Award of Excellence” da sessão de Fisiologia da American Fisheries Society.
Atualmente, é diretor do Instituo Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e vice-presidente da regional Norte da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email