16 de abril de 2021

Pesquisa salarial aponta que mesmo pós-graduadas mulheres ganham menos

Por meio da 32ª edição de sua Pesquisa Salarial e de Benefícios, a Catho Online, maior classificados online de currículos e empregos da América Latina, estudou as principais diferenças entre os homens e mulheres no mercado de trabalho

Por meio da 32ª edição de sua Pesquisa Salarial e de Benefícios, a Catho Online, maior classificados online de currículos e empregos da América Latina, estudou as principais diferenças entre os homens e mulheres no mercado de trabalho. A maior constatação feita pelo estudo foi que, apesar da aparente igualdade entre os sexos, os salários entre homens e mulheres ainda continuam diferentes.
Analisando a diferença salarial em cada um dos níveis hierárquicos considerados, nota-se que os homens ganham mais que as mulheres em todos os níveis, com destaque para a gerência, onde eles ganham, em média, 51,6% a mais que as mulheres, seguido do operacional (50,7% mais) e técnico (37,5% mais).

Diferença na escolaridade

Apesar de ainda ganharem menos que os homens, no quesito escolaridade as mulheres possuem indicativos maiores que os deles: 63,2% das mulheres possuem graduação e pós graduação, contra 55,3% dos homens. 44,2% são graduadas e 19,5% pós-graduadas, contra 38% e 17,3% dos homens, respectivamente.
“Mesmo as mulheres se preparando tão bem para o mercado de trabalho, elas ainda possuem salários menores. Observamos grandes diferenças salariais tanto para cargos operacionais como gerenciais, ou seja, as diferenças ainda ocorrem de forma expressiva em vários níveis hierárquicos”, aponta Silvana Di Marco, gerente da Pesquisa Salarial.

Sobre a Pesquisa Salarial e de Benefícios

A 32ª Pesquisa Salarial e de Benefícios foi realizada no período de 1º a 31 de maio deste ano e mais de 164 mil respondentes de mais de 20 mil empresas em 3.338 cidades de todo o Brasil participaram. É atualizada a cada três meses e traz dados de mais de 1.800 cargos, de 214 áreas de atuação profissional e de 48 ramos de atividades econômicas, dentro de 21 regiões geográficas do Brasil, além de 7 faixas de faturamento para classificação de porte de empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email